“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

No dia 23 de abril, os agentes de endemias da Vigilância Epidemiológica de Virgínia utilizaram o inseticida Fludora Fusion para o controle químico da população adulta do Aedes aegypit em pontos estratégicos – locais que apresentam alto risco de focos: cemitérios, borracharias, ferros-velhos e oficinas mecânicas, entre outros.

Desta forma, diferentemente do inseticida Cielo (utilizado no Ultra Baixo Volume/UBV), este é aplicado em lugares específicos.

Cidadão virginense: faça a sua parte. Além do incansável trabalho das equipes da prefeitura, é fundamental a participação da população virginense no combate aos criadouros do mosquito transmissor da doença (Aedes aegypti):

– Evite deixar, a céu aberto, pneus, vasilhas e/ou qualquer outro recipiente que possa acumular água.

– Deixe pratos de flores sempre secos.

– Mantenha caixas d’água tampadas.

– Não descarte embalagens em lixos e/ou terrenos baldios.

– Jogue cloro nos ralos.

– Cuide, devidamente, do tratamento da água de piscinas.

– Permita a entrada do agente de saúde (devidamente identificado) na sua residência.

Fonte e fotos: Prefeitura de Virgínia