Jornal Panorama entrevista prefeito de Cambuquira, Fabrício Simoni

Jornal Panorama entrevista prefeito de Cambuquira, Fabrício Simoni

Momento foi transmitido ao vivo e prefeito tirou dúvidas da população

No dia 7 de janeiro, o JORNAL PANORAMA entrevistou Fabrício Simoni, prefeito de Cambuquira. A entrevista foi transmitida em nossa página do Facebook ao vivo, direto do gabinete do gestor. Além de responder as perguntas da nossa equipe, Fabrício também tirou dúvidas da população. Destacamos nesta edição os principais assuntos tratados pelo prefeito.

Como Cambuquira enfrentou a crise

Prefeito Fabrício: “Quando se fala em crise, hoje estou no grupo da AMM de prefeitos e o grupo está em crise. Porque esperávamos um repasse maior do ICMS, mas infelizmente caiu em torno de 55% ou 75%. Então a crise continua. Assumimos aqui com uma dívida de R$14 milhões, com o município todo bloqueado, certidões bloqueadas e demoramos dois anos e meio para regularizar a casa e começar a pleitear os recursos. A população às vezes – não só ela, mas a gente também – quer que as coisas aconteçam rápido mas infelizmente na administração pública existe muita burocracia para colocar as ações em dia e dependemos de muitas certidões. Esse tempo serviu para ajeitarmos a casa e habilitar o município para conseguir recursos. A maioria dos recursos que perdemos foi do PAR, que é um programa dentro da Educação onde o governo abre para você cadastrar as ações para o município, como creche, ônibus, entre outras ações na Educação. Infelizmente o município continua bloqueado e já perdemos mais de R$800 mil em investimentos, como três ônibus escolares, brinquedos para as crianças… Continuamos bloqueados no PAR por conta de uma prestação de contas de uma creche que foi feita aqui e que até hoje não achamos a documentação.

“Fora isso, conseguimos regularizar as certidões. Já estão na conta recursos para reforma de praças – vamos reformar três: Praça Padre Landel, no início da cidade, a Praça da Rodoviária e a Praça da Biblioteca. Somos uma cidade turística e não tínhamos uma praça bonita sequer para atrair o turista e para o morador visitar. Também já está em conta, e esse é recurso próprio, R$400 mil para construirmos uma creche na Escola Sementinha, que vai abranger os bairros São João, Nossa Senhora de Fátima, Estação e Centenário.

Funcionalismo público

Prefeito Fabrício: “Sou funcionário público, então a minha responsabilidade é dobrada. Sei que poderemos fazer muito mais, mas em apenas três anos resolvemos pendências de 28 anos atrás. Para ter uma ideia, quando assumimos tinha gente que ganhava menos de um salário mínimo, então adequamos e mantenho o reajuste integral. Está na Câmara aguardando para ser votado o Estatuto do Servidor, que através dele poderemos dar continuidade ao Plano de Cargos e Salários. Agora no fim do ano fizemos uma festa de Natal para eles, coisas que antes não existiam e os funcionários são merecedores. Sem o funcionalismo público eu não trabalho, a prefeitura não trabalha, a cidade não funciona.

Destaque nas secretarias

Prefeito Fabrício: “Tive a felicidade de colocar pessoas técnicas para serem secretários; por exemplo, na Educação coloquei a Edinéia que é professora efetiva do município; na Assistência Social colocamos a Érica, que é assistente social, assim como nas outas secretarias… Então, quando colocamos profissionais capacitados a probabilidade de dar certo é muito grande e foi o que aconteceu.

“Na Educação, tivemos uma das maiores notas do IDEB da história do município: isso mostra que todo investimento que fizemos deu resultado. Melhoramos a merenda escolar, valorizamos o professor.

“Na Assistência Social tivemos vários projetos sociais. A Érica conseguiu mais de 120 benefícios àquelas pessoas que tinham os direitos violados e não sabiam. Ela, junto com a equipe do CRAS e da assistência social, fez valer esse direito para essas famílias.

“No Esporte também tive a felicidade de colocar o Murtiery como secretário. Resgatamos e valorizamos os atletas, apoiamos todas as modalidades. Tivemos o retorno também de que vários atletas cambuquirenses se tornaram campeões em diversas categorias e modalidades, inclusive jiu jitsu mundial e crianças do projeto do CRAS. Tive a felicidade de ter pessoas técnicas nas secretarias que me dão esse respaldo.

“Uma das coisas que mais se destaca na nossa administração é a Saúde. Sou da área, sou funcionário público concursado como auxiliar de enfermagem, então conheço um pouco da Saúde. Investimos muito na Saúde. Se andar pela cidade, 9 de 10 pessoas vão dizer que a saúde melhorou e isso falo com propriedade, pois fizemos uma pesquisa de opinião e a saúde foi avaliada em 95%. Não podemos falar que está perfeito porque sempre surge um caso que não podemos atender no momento. Quando assumimos, tinham nove médicos no município e ampliamos para 27. Já conversei com a secretária Cimara, com a nossa pediatra sobre a possibilidade de ela atender mais uma vez na semana, pois a demanda é muito grande. Ela vem uma vez na semana e atende 15 pessoas, e com isso, vamos poder atender 85% das crianças do município. Estamos com várias especialidades médicas, estamos construindo a tão sonhada Clínica da Mulher, que foi a única obra que eu prometi na campanha. Nossa previsão é que inaugure em março, no dia 8, Dia Internacional da Mulher. E eu fiz diferente: não adianta construir posto de saúde, farmácia, se não tiver médicos ou remédios. Conseguimos dois recursos, um para construção e outro para reforma, e o recurso da construção conseguimos converter para compra de material, e o dinheiro já está na conta para a compra de um raio x que não tínhamos aqui; conseguimos também um ultrassom de qualidade para que a mãe ter todo o acompanhamento durante a gestação e vários outros equipamentos para atender a população. Os carros da saúde estavam precários quando assumimos; eu e o vice-prefeito usávamos nosso próprio carro para levar a população. Trabalhamos arduamente e hoje são mais de 16 veículos novos. A saúde é considerada pelo povo muito boa, mas é claro que existem problemas. O Governo do Estado está deixando de mandar os medicamentos e a prefeitura está bancando. Mas a responsabilidade mesmo, especialmente dos medicamentos de alta complexidade, como para hipertensos e diabéticos, é do Estado.

Prefeito Fabrício visita obras da Clínica da Mulher (Foto: Prefeitura Municipal de Cambuquira)

Projetos

Prefeito Fabrício: “A maioria dos projetos implantados eu já passei por situações parecidas. O projeto Morar com Dignidade ajuda aquelas pessoas que querem ter sua casa com dignidade. Estamos terminando a casa da Patrícia, que tinha a casa com chão de terra. É uma pessoa trabalhadora e que tinha o sonho de pelo menos a gente colocar o vermelhão no chão da casa dela, mas não colocamos vermelhão, colocamos piso. Tenho um secretário de Obras muito bom, que é o Chupetão, é pedreiro, entende de obras, e além de reformarmos a casa dela que estava caindo, colocamos piso na sala e foi presente de Natal. Fizemos também no Congonhal para dona Edinéia que tinha o sonho de ter a sua casa e com a ajuda da comunidade e do PSF Rural, conseguimos realizar o sonho dela. No Marimbeiro também estamos terminando a casa da dona Maria Luiza, que teve a infelicidade de sua casa ter caído, e graças a parcerias estamos terminando essa casa. É um projeto que é como se eu fosse o favorecido porque já passei por esse tipo de coisa. É um projeto meu e que sinto satisfação muito grande em ver as pessoas felizes.

“O Estagiário Aprendiz foi um projeto nosso na campanha de dar oportunidade para a juventude de Cambuquira; as pessoas muitas vezes julgam mas não estendem a mão e nenhuma administração fez isso e está dando um resultado muito grande. Os jovens têm que estudar, ter frequência nas aulas, boas notas. Eles trabalham meio período aqui na prefeitura e conversando com eles, com os pais, a satisfação é muito grande e eles estão tendo a oportunidade de ter uma renda, um primeiro emprego. Já vão sair daqui com o currículo enriquecido.

“O Projeto Patas Amigas está fazendo um trabalho maravilhoso com os animais de rua, através da Cristiane, do Andrinho e do Guilherme. Antes os animais eram abandonados e sacrificados por pessoas maldosas, e hoje não. Dou um dos maiores defensores dos animais e abracei essa causa que está dando muito resultado. Temos o Centro de Reabilitação, que estamos terminando, onde a gente cuida de animais que sofreram maus tratos, foram atropelados, que precisa de consulta veterinária… Temos lá também veterinário que faz cirurgias, castrações. Já castramos mais de mil animais e a nossa meta esse ano é castrar mais mil animais.

“O Sorrindo para o Futuro foi um projeto que criamos onde a gente oferta prótese dentária, tratamento de canal – que o valor gira em torno de R$700, R$900. Então imagina uma pessoa carente, como vai pagar por isso? E através da nossa secretária de Saúde que é dentista e trouxe esse projeto pra cá, do Danilo, hoje estamos atendendo a população.

Uma das casas entregues pelo Projeto Morar com Dignidade (Foto: reprodução/Prefeitura Municipal de Cambuquira)

Concurso público

Prefeito Fabrício: “Depois que começarmos a nomear os aprovados, vamos contratar uma empresa para fazer uma avaliação de desempenho. Não quero sofrer com funcionários ruins, porque é o povo quem paga o salário deles. Infelizmente existem aqueles funcionários que têm uma certa estabilidade e começam a destratar as pessoas, faltar o trabalho, faltar com seu comprometimento… E a população vai me ajudar com isso. Dependendo da demanda de cada secretaria, pretendemos a partir de março começar a nomear os aprovados e espero que eles vistam a camisa do município.

Valorização da cultura

Prefeito Fabrício: “Realmente hoje as festas têm se destacado na cidade. A oposição fala que estamos gastando com festas, mas se queremos dar algo de qualidade para as pessoas, temos que gastar. E estou fazendo diferente, fazendo de graça para o povo e isso incomoda. Dentro do orçamento do município existe uma dotação para a cultura, então não estamos tirando dinheiro da Educação ou da Saúde para fazer festa. Gente, não é só tristeza! Tenho por responsabilidade e obrigação levar alegria à população. Imagina se tudo na vida fosse tristeza? E a população tem direito e estamos fazendo festas boas e de graça, a população está gostando e vamos continuar, lógico, com responsabilidade. Não posso fazer festa e não pagar o funcionário público, o médico, deixar a saúde descoberta, o hospital sem repasse. Quando faço festa, é porque já honrei odos os compromissos com as outras áreas.

Metas para 2020

Prefeito Fabrício: “Já está na conta a construção da creche, já estamos em obras na Clínica da Mulher, também já está na conta o dinheiro para a reforma das praças. Estamos finalizando também o empréstimo de R$ 2 milhões do BDMG. É muita burocracia porque eles exigem muitos documentos para emprestar esse dinheiro para o município. Estamos no final do processo da documentação e acredito que em março já esteja tudo ok. O que vou fazer com esse dinheiro? Vamos calçar a Rua Professora Alice Braga e outras ruas do Marimbeiro, do lado do Campestre; vou calçar duas ou três ruas do Congonhal que nunca receberam pavimentação; vou terminar o posto de saúde abandonado lá no Maria Neca, na Figueira, vou construir arquibancada no campo de futebol e vou fazer o tão sonhado calçadão para as pessoas se divertirem, saírem à noite. Esse recurso do BDMG é pra isso. Dizer que tá fácil, não tá. Muitos vão dizer, ‘tá fazendo isso porque é ano de eleição’, e não é por isso. É porque existem prazos e isso abriu no final de 2019.  Conseguimos habilitar o município e esse recurso é por etapas, então a previsão para que esteja liberado para fazermos as licitações dessas obras é em março. O importante são os investimentos na cidade e é importante explicar isso.

Mensagem para a população

Prefeito Fabrício: “Minha mensagem é de otimismo, carinho, esperança e amor ao povo de Cambuquira. Apesar da dificuldade, fizemos gestão, acertamos a prefeitura. Demoramos dois anos e meio para acertar a casa, trabalhamos administrativamente esse tempo, pagando fornecedores atrasados, INSS, e tudo necessário para que o município tenha novamente credibilidade e com essa credibilidade, os investimentos vão acontecer. Nunca vou fugir da minha responsabilidade. Quero deixar uma mensagem de otimismo e de esperança, e que 2020 seja um ano de vitórias em nossas vidas. Continuarei cuidando do povo de Cambuquira, que é a nossa missão.

A íntegra desta entrevista você pode conferir em nossa página no Facebook, clique aqui e assista!

Presidente da Câmara de Bom Jardim de Minas, vereadora Rita de Almeida, fala sobre suas expectativas para 2020

Presidente da Câmara de Bom Jardim de Minas, vereadora Rita de Almeida, fala sobre suas expectativas para 2020

Desde o dia 01 de janeiro, a Câmara Municipal de Bom Jardim de Minas tem uma mulher em sua presidência, a vereadora Rita Maria de Almeida. Em entrevista ao Jornal Panorama, a nova presidente da Casa falou sobre a influência de seu pai, o ex-prefeito, ex-vice-prefeito e ex-vereador Sebastião Delgado de Almeida, e de suas expectativas para o mandato, que vai até 31 de dezembro.

Jornal Panorama – É a primeira vez que a senhora está como presidente da Câmara?

Presidente Rita Maria de Almeida – Não, fui presidente também em 2011 e já estou em meu segundo mandato como vereadora.

JP – E quais são as suas expectativas para esse ano?

Presidente Rita Maria de Almeida – A gente quer dar continuidade a todo esse trabalho que vem sendo feito desde 2017, onde a nossa união, o diálogo e harmonia entre nós, vereadores, tem sido a diferença. E a gente tem objetivo em beneficiar a população e seus anseios, dar continuidade e fazer muito mais do que já temos feito.

JP – A senhora é filha do saudoso Sebastião Delgado de Almeida, que tem uma história política importante em Bom Jardim de Minas tendo sido prefeito, vice-prefeito e vereador. Como a figura de seu pai influenciou sua trajetória política?

Presidente Rita Maria de Almeida – É um legado que ele deixou. Meu pai é um exemplo de político que tenho, de pai, de homem, e é um legado. Na minha família, meu irmão também já foi vice-prefeito, eu estou no segundo mandato de vereadora, então é um exemplo pra gente.

JP – E a senhora sempre teve vontade de fazer parte da vida política?

Presidente Rita Maria de Almeida – Não, não tinha. Ele até insistia, me falou outras vezes, e eu dizendo não, e ele sempre falando, “não, mas você deveria”. Até que em 2008 eu resolvi ser candidata a vereadora e não quis sair mais.

JP – A senhora é a única mulher vereadora. Como se sente tendo essa representatividade?

Presidente Rita Maria de Almeida – Sempre é uma única mulher aqui na Câmara, e sinto falta de mais mulheres vereadoras.

JP – E como a senhora planeja uma proximidade maior com a população?

Presidente Rita Maria de Almeida – Vamos continuar com o projeto da Câmara Itinerante, que acho que foi bem positivo e foi uma forma de aproximar a população. No projeto, a população participa da reunião no bairro, mas ainda há uma dificuldade de a população vir participar das audiências públicas e reuniões. Mas nós queríamos mais a presença de todos aqui no plenário.

JP – E como a senhora pretende levar a relação com o Executivo?

Presidente Rita Maria de Almeida –  São poderes distintos, mas precisamos trabalhar juntos em prol da população, com união, harmonia e desempenhar nosso papel de fiscalizadores.

JP – Deixe uma mensagem para a população de Bom Jardim de Minas.

Presidente Rita Maria de Almeida – Daremos continuidade ao trabalho, com a destinação das emendas impositivas – onde os vereadores indicam a área que o dinheiro deve ser aplicado pela prefeitura – e também com as devoluções. E queremos que a população participe mais ativamente das atividades da Casa, que as pessoas venham mais e nos procurem com mais frequência.