Direito à informação: profissionais da imprensa pagam preço alto por garantirem notícia durante a pandemia

Direito à informação: profissionais da imprensa pagam preço alto por garantirem notícia durante a pandemia

Mais de 100 jornalistas em atividade já morreram nos últimos três meses por Covid-19

Jornalistas também estão na linha de frente no combate ao Coronavírus, assim como os médicos, enfermeiros e todos os agentes  de saúde que trabalham exaustivamente na guerra contra o covid-19,  são eles os nossos heróis do cotidiano, outros destemidos são os profissionais de imprensa  da segurança pública e privada, os comerciantes e industriários, todos estes e outros serviços que  são considerados essenciais  de acordo com a medida provisória (nº 926/20) e os  decretos para alterar e regulamentar a Lei nº 13.979/20 – que dispõe sobre o enfrentamento ao COVID-19, de ordem do poder executivo federal.

Segundo a declaração feita  pelo secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, no dia da liberdade de imprensa, destacou o importante trabalho da imprensa no mundo, “Jornalistas e profissionais da mídia são cruciais para nos ajudar a tomar decisões informadas. À medida que o mundo luta contra a pandemia da COVID-19, essas decisões podem fazer a diferença entre a vida e a morte.”

No entanto com a pandemia do coronavírus pelo menos 127 jornalistas em atividade já morreram nos últimos três meses por Covid-19 pelo mundo, segundo a ONG Emblem Press Campaign (PEC).

A PEC, organização que tem como foco a liberdade de imprensa e a segurança para repórteres,  é localizada em Genebra, na Suíça.

Os nomes dos jornalistas que morreram na pandemia podem ser consultados no registro da ONG em seu site oficial, click no link www.pressemblem.ch/

Além dos nomes que estão registrados na ONG/PEC, podemos destacar outros jornalistas brasileiros que perderam a vida pelo coronavírus: José Augusto Nascimento, 57; Robson Thiago Mesquita, 36; Letícia Fava, 28; José Paulo de Andrade, 78;  Uliana Motta, 33; Luis Edgar de Andrade, 88; Rodrigo Rodrigues aos 45 anos.

Um grande número de jornalistas também foram infectados com o novo coronavírus e a pandemia  tem forçado o fechamento temporário de vários meios de comunicação, de acordo com o PEC.

Foto: Divulgação

São Lourenço, Baependi, Caxambu e Cruzília tem novos casos confirmados de Covid-19

São Lourenço, Baependi, Caxambu e Cruzília tem novos casos confirmados de Covid-19

A Covid-19 segue se alastrando pelo interior de Minas Gerais e na noite desta quarta-feira (22), as cidades de São Lourenço, Baependi, Caxambu e Cruzília confirmaram novos registros da doença.

Em Caxambu, de acordo com a Prefeitura Municipal, mais um caso foi confirmado. Agora a cidade tem 26 casos confirmados, sendo que 19 já estão recuperados. Outros quatro casos estão sendo investigados para a confirmação ou não do novo coronavírus.

Em Baependi, a Prefeitura Municipal também divulgou mais um caso confirmado. Agora, a cidade tem 15 confirmações da Covid-19, sendo que seis já estão recuperados e nove estão isolados.

Já em Cruzília, a Prefeitura Municipal divulgou que mais dois casos foram confirmados na cidade. Segundo a Prefeitura, os dois casos são de pessoas do grupo de risco que foram testadas pela Secretaria Municipal de Saúde e pelo Hospital de Cruzília. Atualmente, os dois pacientes estão hospitalizados, sendo que um caso é grave e teve que ser transferido. Cruzília tem 34 casos positivos de Covid-19, sendo que 27 já estão curados e sete pessoas estão em recuperação.

Mais uma pessoa também teve a confirmação da Covid-19 em São Lourenço. De acordo com a Prefeitura Municipal, são 109 casos na cidade, sendo que 12 pessoas estão em acompanhamento e 95 já estão recuperadas da doença que vem preocupando gestores públicos de todo o Brasil.

São Lourenço, Baependi, Caxambu e Cruzília tem novos casos confirmados de Covid-19

São Lourenço confirma mais três casos de Covid-19

A Prefeitura Municipal de São Lourenço confirmou mais três do novo coronavírus na cidade. De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado na noite desta terça-feira (21), a cidade tem agora 108 casos confirmados, sendo que 11 em acompanhamento, 95 casos confirmados e dois óbitos já registrados nos meses anteriores. Segundo dados do hospital de São Lourenço, nove leitos estão ocupados no município, sendo cinco leitos clínicos e quatro leitos de UTI.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Informações: Prefeitura de São Lourenço

Caxambu chega a 24 casos confirmados de Covid-19

Caxambu chega a 24 casos confirmados de Covid-19

A Prefeitura Municipal de Caxambu atualizou as informações referentes ao novo coronavírus na noite desta terça-feira (22). De acordo com o Boletim Epidemiológico, a cidade tem 24 casos confirmados de Covid-19, sendo que 17 já estão recuperados, quatro seguem em acompanhamento, além de um óbito que aconteceu no início da pandemia na região.

O Panorama Podcast conversou com o Prefeito de Caxambu na semana passada. Ainda não ouviu? Confira a entrevista disponível no Spotify, Facebook, Youtube e Instagram do Jornal Panorama.

Prefeitura Municipal de Virgínia detalha casos de Covid-19

Prefeitura Municipal de Virgínia detalha casos de Covid-19

A Prefeitura Municipal de Virginia detalhou no noite desta terça-feira (21), os casos de Covid-19 na cidade. De acordo com o Boletim Epidemiológico, um paciente teve a confirmação por critério laboratorial, após a realização do teste rápido. O outro paciente teve a confirmação por critério clínico epidemiológico pois apresentou sintomas após contato próximo com caso confirmado.

Confira a nota publicada pela Prefeitura Municipal de Virgínia:

A Secretaria Municipal de Saúde segue acompanhando a pandemia do coronavírus (covid-19) em Virgínia. Pedimos a toda a comunidade virginense que colabore, REFORÇANDO OS CUIDADOS PESSOAIS DE HIGIENE PESSOAL E DISTANCIAMENTO. Nunca se esqueça: se cada indivíduo tomar as devidas precauções, os benefícios serão gerados para CADA UM (individualmente) e ao mesmo tempo, para toda a COMUNIDADE (coletivamente).

– As medidas de proteção individual (higiene e distanciamento) devem ser adotadas EM VIRGÍNIA E, TAMBÉM, FORA DAQUI. Portanto, se você precisar, mesmo, sair do Município, MANTENHA OS MESMOS CUIDADOS, sempre, onde quer que esteja. Porque nunca se esqueça: você precisará retornar e, assim, precisa se cuidar, para não oferecer riscos a sua família, seus amigos e conterrâneos.

– Use MÁSCARA (ela é obrigatória).

– HIGIENIZE AS MÃOS com frequência, com água e sabão (ou, também, álcool 70% ou álcool gel).

– EVITE TOCAR olhos, boca e nariz com as mãos não higienizadas.

– MANTENHA sempre DISTANCIAMENTO de, pelo menos, 1,5 m de outras pessoas.

QUEM PUDER, POR FAVOR, FIQUE EM CASA – saindo apenas para situações rápidas e emergenciais (uma pessoa de cada residência, fora do grupo de risco). TODOS JUNTOS CONTRA O CORONAVÍRUS (COVID-19)!

Para MAIORES INFORMAÇÕES, ligue para a Vigilância Epidemiológica / PSF do Município: (35) 3373-1367.

A imagem pode conter: texto

Informações da Prefeitura Municipal de Virgínia