Acidente inusitado deixa parte dos moradores de Baependi sem energia elétrica  por duas horas

Acidente inusitado deixa parte dos moradores de Baependi sem energia elétrica por duas horas

No início da tarde dessa terça- feira, 2 de fevereiro, um caminhão que estava em manutenção na rua João Mendes Siqueira, no bairro Jardim América na cidade de Baependi, perdeu o freio e acabou batendo em um dos postes da rua, fazendo com que o poste tombasse e, em consequência parou de repassar a energia elétrica para todo o quarteirão. Além do poste, o caminhão atingiu uma casa, um Uno Mille e uma motocicleta Honda Bros.

A Polícia Militar esteve no local, fez o boletim de ocorrência e solicitou a Cemig para analisar o caso e dar solução emergencial, já que um dos postes tombou devido o acidente.

O motorista que dirigia o caminhão vinha de Muzambinho (MG), e estava indo para a cidade de São Vicente de Minas, parou em Baependi pois havia observado que o freio do caminhão já apresentava algum problema no percurso da viagem. De acordo com Carlos Souza, 63, motorista da prestadora de serviços de gesso, ” passei na cidade para buscar uma manutenção, me indicaram a mecânica localizada nesta rua, fui estacionar para fazer a revisão, o freio não funcionou e ocorreu o acidente”, revelou o motorista Carlos.

Davi Lemes Pereira, proprietário da motocicleta Honda Bros e do carro Mille envolvidos no acidente e também morador da rua, conta que ” escutei o barulho, o caminhão perdeu o freio na hora que eles estavam fazendo o concerto; o caminhão pesado aí aconteceu o acidente.

A Cemig já esteve no local e a energia elétrica está liberada para o quarteirão. Outras providências já foram acionadas para a reposição do poste que tombou. A rua onde aconteceu o acidente permaneceu sem enérgia elétrica para a troca do poste.

Atualizada por Nara Almeida 3/02

Caxambu, Baependi e Conceição do Rio Verde tem novos casos de covid-19 confirmados pela Secretaria Estadual de Saúde

Caxambu, Baependi e Conceição do Rio Verde tem novos casos de covid-19 confirmados pela Secretaria Estadual de Saúde

A Secretária Estadual de Saúde (SES) divulgou na manhã desta terça-feira (18), o Boletim Epidemiológico Estadual com 4.306 óbitos confirmados em Minas Gerais, com 177.787 casos confirmados, sendo que 29.349 estão em acompanhamento e 144.132 estão recuperados.

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 83 novos óbitos em todo estado e 2072 novas confirmações da doença em Minas Gerais. Sendo que deste total, três novos casos foram registrados em Caxambu, e um casos em Baependi e em Conceição do Rio Verde.

Baependi tem agora 58 casos confirmados, uma morte e 22 casos já recuperados. Caxambu chegou a 62 casos confirmados, sendo que 40 já estão recuperados e duas mortes registradas. Com a nova atualização do Governo de Minas Gerais, Conceição do Rio Verde chegou a 10 casos confirmados, com oito casos já recuperados e uma morte.

Baependi confirma mais dois casos de Covid-19

Baependi confirma mais dois casos de Covid-19

A Prefeitura de Baependi confirmou na noite desta segunda-feira (21) mais dois casos de Covid-19 no município. A cidade tem agora 14 casos confirmados, sendo que seis já estão recuperados e oito ainda em recuperação. Ainda de acordo o Boletim Epidemiológico na cidade, há uma pessoa aguardando resultado do exame.

Até o mês passado, a cidade tinha quatro casos confirmados de Covid-19, mas em apenas 20 dias, o número de pessoas infectadas subiu para 14. As autoridades públicas seguem recomendando o uso de máscaras nas ruas, que é obrigatório dentro do município.

Nenhuma descrição de foto disponível.
A Tradicional Semana Santa de Baependi será impactada pelas precauções contra o Coronavírus

A Tradicional Semana Santa de Baependi será impactada pelas precauções contra o Coronavírus

Foto: Diocese da Campanha

A Prefeitura Municipal de Baependi publicou nesta segunda-feira (16), de março,  um decreto proibindo a realização de eventos, festivos, esportivos e afins com aglomeração superior a 100 pessoas por conta da pandemia do Coronavírus.

Antes da reunião ordinária na Câmara Municipal de Baependi, membros da sociedade Civil, vereadores municipais, o prefeito Hitinho Rollo, representantes do hospital da cidade e da Igreja Católica se reuniram no prédio da Câmara para debateram a questão do coronavírus e, o impacto na celebração da Semana Santa na cidade.

Devido a essa situação não será possível realizar a celebração festiva da Semana Santa no município.

Por ser uma data religiosa, dentro de um calendário pré-definido não haverá o adiamento da celebração. Os membros da igreja de Baependi aguardam ordens superiores para a definição do que será feito na Semana Santa, respeitando o decreto da Prefeitura Municipal.

A Prefeitura Municipal nesta segunda-feira também cancelou a participação das barracas no período de março a meados de abril.

Foto: Reprodução internet

Na 4ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Baependi

Os vereadores prosseguiram a reunião normalmente com a leitura dos ofícios, ao final da reunião, foi feita a participação por telefone a Dra. Camila, de Baependi, que está nos Estados Unidos, ela falou sobre a questão do Coronavírus e, tirou dúvidas dos vereadores. Estiveram presentes, os vereadores municipais, o prefeito de Baependi, Hitinho Rollo, representantes do hospital, da igreja católica o pároco da Paróquia Santa Maria de Cônego Marcos e o padre Edson Pereira de Oliveira reitor do santuário da Imaculada Conceição de Nhá Chica. A reunião está na íntegra na página de Facebook Câmara Municipal.

4ª Reunião Ordinária

O Santuário da Imaculada Conceição da Beata Nhá Chica comunicou nesta semana a suspensão das missas com a presença dos fiéis, por tempo indeterminado, as missas serão transmitidas todos os dias, pela internet e pela rádio e TV Nhá Chica Web, porém sem a participação dos fiéis, o santuário estará aberto de 7h as 17h apenas para a visitação.

Santuário da Imaculada Conceição da Beata Nhá Chica

E, atenção aos pais: As escolas municipais de várias cidades do Sul de Minas também se encontram com as aulas suspensas por período o temporário, os pais devem ficar atentos, pois cada escola estará suspendendo as aulas de acordo com a situação do munícipio, para que possam contribuir NO COMBATE do Coronavírus.

Coronavírus no Sul de Minas

As medidas têm sido tomadas devido ao número de casos suspeitos de coronavírus que surgem na região. De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, o Sul de Minas tem 15 suspeitas da doença em investigação.

No estado de Minas Gerais, até o momento foram notificados 386 casos suspeitos, sendo que 85 foram descartados. Outros 297 casos continuam em investigação como suspeitos e quatro casos foram confirmados. Juiz de Fora e Patrocínio agora se juntam a Divinópolis e Ipatinga com infecções confirmadas. Varginha continua liderando a lista no Sul de Minas com quatro casos em investigação.

Os números divulgados pelas secretarias e o Ministério da Saúde não são necessariamente iguais, já que os órgãos têm horários e procedimentos distintos para apresentação de seus boletins diários.

Casos suspeitos de coronavírus no Sul de Minas:

  • Varginha: 4 casos
  • Três Corações: 2 casos
  • Alfenas: 2 casos
  • Boa Esperança: 2 casos
  • Itajubá: 1 caso
  • Pouso Alegre: 1 caso
  • Passos: 1 caso
  • Poços de Caldas: 1 caso
  • Santa Rita do Sapucaí: 1 caso

Informações: G1 Sul de Minas

Conheça Dr. Lucas Murad, novo juiz da Comarca de Baependi

Conheça Dr. Lucas Murad, novo juiz da Comarca de Baependi

Com apenas 31 anos, Dr. Lucas traz novos ares à Comarca de Baependi e firma compromisso com a população

A Comarca de Baependi está com novo juiz titular. O Dr. Lucas Carvalho Murad, de 31 anos, responde pelos assuntos jurídicos do município desde dezembro de 2019. Em entrevista ao Jornal Panorama, ele contou sobre suas expectativas e anseios para o novo desafio.

Dr. Lucas Murad é natural de Varginha e já atuou como advogado em sua cidade natal e também como delegado no Estado de Mato Grosso. De acordo com ele, ser juiz é um sonho que se tornou realidade, e é ainda mais especial por ter a chance de retornar a Minas Gerais. “Estou realizado. Meu sonho mesmo era ser juiz, e ainda mais no meu estado, no Sul de Minas, que é um lugar que eu amo, que eu cresci, passei minha infância…Já conhecia Caxambu, Baependi, e aqui eu me sinto em casa. Não teria como ser melhor do que está hoje”, afirmou.

Ocupar o cargo maior do jurídico de um município é, sem dúvida, uma grande responsabilidade. De acordo com o Dr. Lucas, a pouca idade tem prós e contras. “Ajuda por causa da energia, porque quando a gente é mais novo ainda tem muito gás. O contra acredito que seja a experiência, que talvez um juiz de 40, 50 anos tenha muito mais bagagem, mas faz parte da trajetória de cada um”, conta.

A Comarca de Baependi está desde março de 2017 sem um juiz fixo, o que aumentou a quantidade de processos. Segundo o Dr. Lucas, atualmente são 3.500 processos que giram no município. “É muita coisa tendo em vista o tamanho da cidade. A gente tá correndo contra o tempo para tentar baixar o máximo possível os processos para chegarmos em um número razoável para que possamos trabalhar com mais calma”, informou.

Sobre as expectativas, elas são focadas em fazer o melhor possível para a população. “A minha expectativa é trabalhar o máximo possível, diminuir o número de processos e fazer a população sentir que tem um juiz, e isso abrangendo todas as áreas, como a fiscalização dos presos e dos institutos. Quero dar meu máximo pela cidade”, assegurou. E firmou um compromisso com a população: “Podem todos contar comigo, que vou dar o máximo possível como juiz dessa comarca”.