“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

A Polícia Militar de Minas Gerais continua empenhada em identificar os autores do furto a uma joalheria no centro de São Lourenço na noite do dia 10 de fevereiro.

O fato foi detectado após a Polícia Militar localizar um veículo que havia evadido de uma blitz policial próximo ao município de Carmo de Minas. O veículo teria retornado para a cidade de São Lourenço onde foi perseguido, sendo abandonado no bairro Lagoa Seca e os autores, possivelmente três indivíduos se embrenhado no mato para fugir aproveitando o período noturno. Apesar de intensa busca pelo bairro e pelas redondezas, não foi possível localizar os suspeitos.

No interior do veículo foram encontrados grande quantidade de jóias, tais como anéis, pulseiras, brincos e diversos relógios, pingentes, cordões de ouro e prata, além de certa quantia em dinheiro.

Já na manhã deste domingo (11), ao tomar conhecimento do fato, o proprietário da joalheria solicitou que uma funcionária fosse ao estabelecimento verificar se estava tudo bem. No entanto deparou com um buraco na parede da loja, ao lado de um corredor de acesso e o desaparecimento de diversos produtos.

A perícia foi acionada para a realização dos trabalhos de praxe. Levantamentos de informações através do sistema de câmeras do município estão sendo realizados, as cidades vizinhas estão alertas e as ações de rastreamento estão acontecendo, visando identificar os autores do delito.

Fonte: Polícia Militar de São Lourenço