“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

A Prefeitura de Contagem realizou, nessa segunda-feira (25), o lançamento do ‘Portal Mulher’ – um dos eixos estratégicos que compõem o Programa “Elo por Elas” – no auditório do Fórum de Contagem. Desenvolvido como parte integrante das ações em prol das mulheres, o portal se destaca como um canal para acesso às políticas públicas relacionadas à temática e para potencializar ações de prevenção à violência.
A finalidade é compilar as políticas públicas, ações e propostas de intervenção destinadas às mulheres do município, além das informações relacionadas às violências de gênero, rede de proteção, canais de denúncias, informativos e notícias. Com uma interface amigável e recursos acessíveis, buscou-se criar um ambiente digital seguro e acolhedor para todas as mulheres da cidade.
Este novo recurso, desenvolvido em parceria pelas secretarias de Defesa Social e de Direitos Humanos e Cidadania e demais órgãos e equipamentos vinculados à rede de proteção à mulher, representa um marco na rede de proteção à mulher em Contagem. Com foco na prevenção de todos os tipos de violência contra as mulheres, o “Portal Mulher” consolida esforços para oferecer suporte, informação e recursos essenciais para as mulheres da região.
A prefeita de Contagem, Marília Campos destacou a importância desse novo equipamento digital e público que busca auxiliar mulheres que se sintam em situação de risco e também informar e trazer mais cidadania aos munícipes. “Esse portal trará mais conexão a todas as mulheres contagenses e servirá de espelho para que outros municípios também possam seguir esse exemplo de atendimento, cidadania, respeito e a luta diária de todas as mulheres”, ressaltou.
De acordo com a secretária Municipal de Defesa Social, Viviane França, o Programa “Elo por Elas” é o primeiro programa social de Contagem que trabalha de frente no combate à violência contra a mulher. “A violência hoje tem gênero e ela atinge de forma sistematizada. O portal também veio para somar com a premissa do respeito às individualidades, particularidades e decisões das vítimas, de modo que seja preservada a sua dignidade, saúde e integridade física e psicológica”, afirmou.
Já na avaliação do secretário municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Marcelo Lino, a Prefeitura tem feito um trabalho intersetorial para consolidar cada vez mais as políticas públicas que promovam e defendam as mulheres no seu protagonismo. “Quero salientar que nesse governo municipal sempre pensamos em construir uma cidade para que todas e todos usufruam do melhor e tenhamos cada vez mais mulheres com a primazia em todas as frentes”, enfatizou.
O Programa “Elo por Elas” é uma iniciativa do município de Contagem e tem por objeto a prevenção à violência e redução dos índices de criminalidade de atos praticados contra mulheres na cidade. O próximo passo do programa, para o primeiro trimestre/semestre de 2024, são ações de instrução nos estabelecimentos, para identificar casos de vulnerabilidade ou possível violência contra mulheres.

Com as informações da Prefeitura de Contagem
Foto: Luci Sallum / PMC