“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

Na última segunda-feira (20), a Prefeitura de Capim Branco, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, promoveu uma significativa escuta pública para a formulação dos editais da Lei Aldir Blanc. O evento, realizado no gabinete da prefeitura, contou com a presença de representantes da pasta e diversos fazedores de cultura do município, marcando um importante passo na reformulação dos processos de aplicação da lei.

A Lei Nº 14.399/2022, conhecida como Lei Aldir Blanc, foi instituída em julho de 2022 com o objetivo de fomentar a cultura nacional e apoiar estados, Distrito Federal e municípios por um período de cinco anos, com início em 2023. Um dos princípios básicos para a aplicação dos recursos da lei é a consulta à sociedade civil, assegurando que as necessidades e sugestões dos agentes culturais locais sejam ouvidas e consideradas.

Durante o encontro, os participantes discutiram maneiras de garantir que os recursos sejam direcionados de forma eficaz e transparente, fortalecendo o setor cultural de Capim Branco. A presença e o engajamento dos fazedores de cultura locais demonstram um forte compromisso em construir uma cultura mais resiliente e inclusiva na cidade.

Com as informações e fotos da Prefeitura de Capim Branco