“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

A Prefeitura de Belo Horizonte vai instalar 99 pontos fixos de banheiros durante o feriado do Carnaval, entre os dias 10 e 13 de fevereiro, para os foliões de blocos de rua em bairros como Cruzeiro, Buritis, Barro Preto, Lagoinha, Santa Tereza, Floresta, Centro e Savassi. O mapa com os endereços dos pontos pode ser conferido no Portal Belo Horizonte.

Somados os pontos fixos, que funcionam apenas no feriado, e as cabines volantes, que acompanham a programação de todos os blocos de rua da cidade, a Belotur disponibiliza, entre os dias 27 de janeiro e 18 de fevereiro, 13.482 diárias de banheiros químicos para os foliões do Carnaval de Belo Horizonte. Deste número, 282 cabines são adaptadas para pessoas com deficiência.

Antes de curtir a festa, o folião pode conhecer a disposição dos banheiros volantes no Portal Belo Horizonte, onde também é possível conferir a programação completa do Carnaval, endereços de concentração e trajetos dos cortejos.

Estratégia

O aprimoramento da estratégia da Belotur para a distribuição dos banheiros químicos no carnaval considera o público planejado para os blocos, a extensão dos trajetos e a quantidade de desfiles simultâneos, pensando na distribuição das diárias dos banheiros em locais estratégicos.

Os 99 pontos fixos atendem quase 80% do público total do Carnaval de Belo Horizonte. Os banheiros ficam localizados nas áreas de grande concentração de desfiles, para aproveitar pontos de convergência, visando atender o maior número de foliões dentro do dinamismo que um evento de rua desta magnitude exige. Os pontos fixos vão contar com o apoio de cinco caminhões sugadores de efluentes.

Os veículos ficarão estrategicamente estacionados já dentro dos bolsões de isolamento para realizarem a limpeza dos banheiros químicos, atendendo aos pontos localizados na Savassi, nas ruas Sapucaí, Itambé e Aarão Reis e no Colégio Arnaldo, que contam, em média, com 40 banheiros fixos cada. Os caminhões têm capacidade de 8 mil litros, sendo que cada banheiro químico comporta 200 litros.

Dessa forma, é possível dobrar a capacidade de atendimento ao folião. Todo o material coletado pelos caminhões é descartado em Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs), local que são realizados os devidos processos que removem as cargas poluentes do esgoto, devolvendo ao ambiente os efluentes tratados.

É importante lembrar que o cidadão que for flagrado urinando em vias públicas pode responder por atentado violento ao pudor (artigo 233 do Código Penal), com detenção de três meses a um ano ou pagamento de multa.

Com informações da Prefeitura de Belo Horizonte

Foto: Léo Lara / Divulgação