“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

A Prefeitura de Belo Horizonte inicia nesta segunda-feira (27) a aplicação da segunda dose da vacina contra a dengue (Qdenga) no público de 10 e 11 anos. A expectativa é imunizar as cerca de 25 mil pessoas dessa faixa etária que já receberam a primeira dose da vacina. Os imunizantes serão disponibilizados nos 152 centros de saúde da capital e os endereços podem ser consultados neste on-line.

Para receber a segunda dose é necessário que o público esteja acompanhado dos pais, mães ou responsáveis legais. Além disso, no momento da aplicação, é necessário apresentar, preferencialmente, o documento de identificação com foto ou certidão de nascimento, CPF e cartão de vacina. É importante reforçar que o chamamento dos demais públicos, de 12 a 14 anos, para concluir o esquema vacinal será feito posteriormente, de acordo com intervalo necessário entre as aplicações.

Aqueles que tiveram diagnóstico recente de dengue, a recomendação é que aguardem seis meses após o início dos sintomas para iniciar o esquema vacinal contra a doença. Caso a infecção pelo vírus ocorra após o recebimento da primeira dose, não há alteração no intervalo entre as aplicações, desde que a segunda dose não seja aplicada em um período inferior a 30 dias do início da doença.

Outras informações sobre a vacinação contra a dengue podem ser verificadas no portal da Prefeitura.

Fonte e Foto: Prefeitura de Belo Horizonte