“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

Nesta sexta-feira, dia 03 de maio, às 10h, aconteceu a Cerimônia de Inauguração do Posto de Atendimento Pré Processual – PAPRE, que é uma unidade especializada em resolver conflitos por meio do diálogo e da negociação, evitando que esses problemas se tornem ações judiciais e favorecendo a solução mais rápida e pacífica.

Compôs a mesa de inauguração o prefeito de Alagoa, Juliano Diniz, o Dr. Fábio Roberto Carvalho, Juiz Diretor do Foro da Comarca de Itamonte, e Dr. Adriano Zocche, Juiz Corregedor Auxiliar Representando o Juiz Corregedor e próximo presidente do TJMG.

Com a palavra, o prefeito Juliano agradeceu a parceria com o TJMG e declarou estar muito feliz com esta conquista. “Além de conseguirmos finalizar a pavimentação da Rodovia que liga Alagoa a Itamonte, também conseguimos a dupla alimentação de energia elétrica, obra que também está finalizada. Além de outras obras e conquistas agora firmamos esta parceria de trazer este Posto de Atendimento para Alagoa encurtando a distância entre os alagoenses e o Fórum. ”

Representando o próximo presidente do TJMG, o Juiz Corregedor Auxiliar Dr. Adriano Zocche trouxe importantes números que mostram o trabalho do poder judiciário no país, uma média de 50 pessoas geram pelo menos 20 demandas processuais e o PAPRE é uma forma de tratar parte destas demandas no início e resolver através da conciliação.

O Dr. Fábio Roberto Carvalho, Juiz Diretor do Foro da Comarca de Itamonte, com a palavra explicou: “O PAPRE é um braço do Fórum lá de Itamonte aqui em Alagoa. Aproxima os serviços jurisdicionais da população e é uma forma de resolver os problemas da população alagoense, quando não possível, de orientar e direcionar o cidadão. ”

SOBRE O PAPRE: Qualquer cidadão pode procurar a unidade e apresentar uma queixa ou demanda. O caso será registrado por uma atendente, que fará o agendamento da audiência de conciliação. A audiência é acompanhada por um conciliador/mediador, que orienta a conversa e contribui para que as partes cheguem a um acordo/conciliação.

Além disso, visando facilitar o atendimento para o cidadão em Alagoa, na unidade ele poderá obter informações processuais, realizar audiências de instrução por meio de sala passiva e a entrega de requerimentos e documentos.

Bem como também terá acesso à Defensoria Pública e ao Ministério Público por videoconferência previamente agendada.

Disponível na Rua Gumercindo Pinto, 184, Centro, este serviço é uma parceria da Prefeitura Municipal de Alagoa com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Fonte e fotos: Prefeitura de Alagoa