“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

A Seleção Brasileira Sub-23 foi derrotada pela Venezuela por 3 a 1, nesta quinta-feira (1º), na última rodada da fase de Grupos do Torneio Pré-Olímpico. Até então, o time comandado por Ramon Menezes era o único com 100 % de aproveitamento na competição.
Apesar do resultado adverso em Caracas, o Brasil ficou em primeiro lugar no Grupo A, com nove pontos. A Venezuela terminou em segundo, com oito pontos. No Grupo B, Argentina e Paraguai já estão classificados para o quadrangular final, embora a rodada final seja disputada nesta sexta (02).
Quadrangular
A partir de segunda-feira (05), os quatro times se enfrentam até o dia 11. Apenas os dois primeiros se classificam para a disputa dos Jogos Olímpicos de Paris. A próxima partida da Seleção será na segunda. O adversário ainda será definido. O Brasil aguarda a definição da colocação final do Grupo B.
Gols
Os gols da Venezuela foram marcados no primeiro tempo. Segovia marcou duas vezes. A primeira foi aos 10 minutos. O segundo foi feito pelo volante aos 31 minutos. Na etapa final, a Venezuela fez o terceiro. Rikelme tentou cortar o cruzamento de Lavaca e acabou ampliando para os adversários.
Aos 44 minutos do segundo tempo, o jogador do Fluminense marcou um belo gol. Ele recebeu um passe de Gabriel Pec, girou dentro da área e diminuiu para a Seleção. Com o time já classificado para o quadrangular decisivo, Ramon Menezes optou por escalar os reservas. Na volta do intervalo, ele lançou Endrick e Marlon Gomes. Khellven e Aleksander entraram aos 22 minutos. O último a entrar foi Guilherme Biro.
Com informações da CBF
Foto: Joilson Marconne / CBF