Escolha uma Página

Nesta quarta-feira (10), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu preventivamente, em Itaguara, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, um homem, de 31 anos, suspeito de violência contra a companheira, de 27.

A vítima procurou a PCMG no dia 3 de julho. Ela relatou que o companheiro chegou em casa e, ao não encontrá-la, saiu. A mulher estava em um ponto de ônibus, aguardando os filhos. Ao vê-la, o suspeito questionou com quem ela estava falando ao celular, e a mulher respondeu que conversava com a mãe.

Naquele mesmo dia, ao chegar em casa, o suspeito confiscou o aparelho da vítima e iniciou as ameaças, dizendo que, se ela desacatasse ordens dele novamente em público, a agrediria na rua. À noite, a vítima ainda foi submetida a sexo forçado por parte do investigado.

Alguns dias após o registro da ocorrência, o suspeito gravou um vídeo, compartilhado por aplicativo de mensagens, em que aparecia cavando uma cova e narrando que aquele seria o fim da companheira.

O homem também é investigado por lesão corporal contra o filho, de 10 anos. A PCMG apura ocorrência em que o suspeito teria espancado a vítima com o cabo de um carregador de celular e uma mangueira, além de tê-la enforcado com o mesmo instrumento.

Denuncie

A PCMG orienta que todo caso de violência doméstica e familiar contra a mulher seja denunciado. O registro pode ser feito diretamente em unidade policial, via disques 180 ou 181 e também pela DELEGACIA VIRTUAL nos casos de ameaça, vias de fato/lesão corporal e descumprimento de medida protetiva.

Fonte: PCMG

Foto: Divulgação / PCMG