“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

O Parque Professor Marcos Mazzoni, no bairro Cidade Nova, ganhou mais uma importante ação de revitalização neste mês. A área superior do Parque, próxima à entrada da Rua Doutor Júlio Otaviano Ferreira, recebeu diversas intervenções, tais como construção de novos pisos – intertravados para permitir a permeabilização da água no solo – arrimos e rampa, pinturas de estruturas, instalação de novas aparelhos de ginástica ao ar livre, instalação de guarda-corpo e bancos, implantação de novos canteiros com paisagismo e, para garantir a diversão das crianças enquanto acompanham os pais nos exercícios, uma pintura didática divertida no piso ao lado dos aparelhos de ginástica.
As obras começaram no mês de setembro do ano passado e foram finalizadas recentemente, em 15 de março, com investimento de aproximadamente R$ 163 mil. As intervenções foram executadas pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana, por meio da Gerência Regional de Manutenção Nordeste, e tiveram recursos provenientes de emenda parlamentar.
O Parque, muito utilizado pela população para piqueniques, lazer, atividades físicas e diversão das crianças, passou por uma extensa reforma entre 2022 e 2023, visando à integração eficiente dos espaços com a inclusão de equipamentos acessíveis para os diferentes públicos. Com as obras do ano passado, foi ampliado o número de brinquedos, incluindo um balanço acessível, além de executada a instalação de novos equipamentos urbanos, como bancos, mesas de jogos e bebedouros, todos de acordo com as normas de acessibilidade.
Também foi implantada sinalização em braile, com mapas táteis, e executada a reforma dos sanitários com adequação à acessibilidade, transformando o parque num espaço ainda mais acolhedor e seguro para a população. As áreas de brinquedos, descanso e anfiteatro foram setorizadas e alocadas para a organização dos usos, além de integradas à nova circulação, que contemplou rotas acessíveis.
A Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica vem buscando, nos últimos anos, revitalizar seus espaços com foco em incentivar e promover a apropriação popular dessas áreas verdes, com uso sustentável e responsável pelas pessoas. Para isso, a ampliação das estruturas de lazer, como brinquedos, equipamentos para atividades físicas como quadras, pistas de skate e aparelhos de ginástica e reformas de estruturas de apoio, como banheiros, sempre estão entre as prioridades e, obrigatoriamente, contemplando adequações às normas de acessibilidade vigentes, tornando os parques mais acolhedores e seguros para todos os públicos.
“Nesse sentido temos diversas intervenções ainda previstas para o ano de 2024, em vários parques, alguns deles contemplando também a implantação de áreas exclusivas para cães passearem livres das coleiras, outra demanda dos tempos modernos que nos ajuda a trazer a população cada vez mais para essas áreas, melhorando a qualidade de vida das pessoas e ampliando o uso dos espaços”, afirma Gelson Leite, presidente da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica (FPMZB), gestora do espaço.
A população que já está desfrutando do novo espaço aprovou as intervenções. Euzê Teixeira Bretas, aposentada e moradora do bairro há mais de 40 anos, vai ao local rotineiramente se exercitar: “essa melhoria foi excelente, o espaço ficou maravilhoso e foi muito bom para nós, especialmente porque aumentaram a quantidade de aparelhos de ginástica para nós”.
Maria Heleonora é professora aposentada e frequenta o Parque desde 2017: “Ficou ótimo, excelente! Está tudo muito bonito, com mais aparelhos. Vimos uma verba sendo bem gasta nesse lugar. A prefeitura está de parabéns”, elogia.

Com as informações da Prefeitura de Belo Horizonte
Foto: Marcelo Martins / PBH