Escolha uma Página

O governo federal anunciou que os próximos servidores públicos federais aprovados por meio do Concurso Público Nacional Unificado (CNU) serão submetidos a um curso de formação obrigatório, podendo ser realizado tanto de forma presencial quanto a distância. A ministra de Gestão e Inovação, Esther Dweck, destacou a novidade, ressaltando que todos os níveis serão contemplados com essa iniciativa.

Pela primeira vez, os candidatos convocados terão a opção de concluir parte da formação de maneira remota, durante os primeiros 36 meses de exercício no cargo. No entanto, para algumas carreiras específicas como especialista em políticas públicas, analista de infraestrutura e outras, a formação será exclusivamente presencial. Esse curso será a terceira etapa do concurso, seguindo as provas escritas e a apresentação de títulos e certificados conforme o edital.

A convocação dos aprovados está prevista para janeiro de 2025, quando iniciarão não apenas suas funções, mas também o programa de formação elaborado pela administração pública federal para garantir a capacitação adequada dos novos servidores.

 

 

Fonte e fotos: Agência Brasil.