“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

Atendendo a uma demanda da Prefeitura de Sabará, o Hospital Cristiano Machado (HMC), da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), passou a contar com uma ala específica, com 12 leitos, para o atendimento exclusivo de pacientes diagnosticados com dengue tipo C — que apresenta sinais de alarme e pode evoluir para a forma mais grave. Os casos são transferidos pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Padre Lázaro.
Diante do aumento significativo de pacientes com dengue do tipo C, que demandam internação e ficam aguardando por leitos na UPA, o Governo Municipal formalizou a parceria com a Fhemig com o propósito de disponibilizar leitos específicos destinados ao tratamento desses pacientes.
As transferências serão realizadas diariamente, enquanto houver demanda. Há previsão de que as internações sejam de curta duração – 48 horas em média. O público-alvo são pacientes sem instabilidade clínica, já os que apresentarem maior probabilidade de complicação serão transferidos para serviços com retaguarda de terapia intensiva.
A iniciativa busca assegurar o melhor cuidado possível aos pacientes, além de agilizar o fluxo de transferências e dar mais conforto às pessoas que buscam a UPA do município, neste momento de grande demanda em razão da epidemia de dengue. A nova ala está em funcionamento desde o dia 22 de março. Nesta última segunda-feira (25), havia cinco pacientes internados no local.

Com informações da Rede Fhemig
Fotos: Reprodução / Prefeitura de Sabará