“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

Alunos do ensino médio da Escola Estadual João de Paula Caproni realizaram visita na casa da cultura na manhã desta sexta-feira (03).

A aula diferente sobre Educação Patrimonial foi conduzida pelo diretor do departamento de cultura Carlos Roberto Rodrigues, em parceria com o professor Haroldo Abrão, de artes, e da bibliotecária Emaculada Tavares.

O intuito dessa visita é despertar da consciência e de proteção, para que os jovens tivessem um conhecimento mais aprofundado dos patrimônios, sensibilizando-os para desde cedo aprenderem quanto à importância da preservação de bens históricos da cidade.

O cartão-postal do município, a Praça Monsenhor Dutra, a Residência Caproni e a Imagem de São Sebastião são os bens atualmente tombados e protegidos. Em processo de tombamento há também o Parque D. Jandira.

Em Carvalhópolis existem diversos bens culturais, naturais e gastronômicos inventariados, como festas do Peão, Carreiro e Cavaleiro, a Congada de Santa Efigênia e o último registro fora do Biscoito com Pernil, como Patrimônio Cultural Gastronômico.

Em breve, os alunos irão conhecer pessoalmente os bens tombados do município adquirir mais conhecimentos.

Fonte e fotos: Prefeitura Municipal de Carvalhópolis