“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

Para proteger o meio ambiente, garantir mais saúde para a população e manter a cidade bem cuidada, a Prefeitura de Contagem vem ampliando as políticas de sustentabilidade para o descarte correto de resíduos. Desde a segunda-feira (29), mais um ecoponto foi inaugurado na região do Nacional.
Para marcar a abertura do novo espaço, a equipe de mobilização do programa “Contagem Mais Limpa” realizou uma ação de conscientização junto à comunidade local.
O novo ecoponto fica localizado na rua Ypê Amarelo, no Novo Recanto. Anteriormente, o local era usado como bota-fora, com descarte irregular de lixo e entulho, poluindo o bairro e provocando a proliferação de várias arboviroses e animais peçonhentos. Valéria Martins, que é moradora do bairro, aprovou a revitalização da área.
“É muito importante ter um espaço como este aqui. Se todos tiverem consciência de usar o ecoponto, todo o bairro se beneficia”, opinou.
“Este lugar era um bota-fora, os moradores descartavam todo tipo de lixo irregularmente. Revitalizamos este espaço público e transformamos em um ecoponto, que é uma estrutura equipada de apoio para a população dar um destino correto para entulhos que não podem ser descartados junto a coleta convencional. Trabalhamos em parceria com a comunidade para manter o bairro bem cuidado e limpo, assim, diminuindo as arboviroses”, frisou a gerente de Mobilização Social, Esther Alves.
Esses equipamentos estão à disposição da comunidade para o descarte de materiais que não devem ser dispensados junto ao lixo residencial ou comercial, ou seja, restos de construção civil, como telhas, tijolo, gesso, etc., (até 2m²), móveis, sofás, eletrônicos, TV’s, monitores, impressoras, pneus velhos (até seis unidades), madeira (até 2m²), folhas e galhos provenientes da poda de jardim, além de óleo de cozinha (até 6l).
Contagem conta, atualmente, com 26 ecopontos espalhados em toda a cidade. No Nacional, esta é a quarta unidade criada (os outros nos bairros Confisco, Carajás e Amendoeiras). Eles funcionam de segunda-feira a sábado, das 8h30 às 12h e das 13h às 16h50.
É importante lembrar que é proibida a entrada de caminhões, veículos de grande porte e de empresas privadas nestes locais. Não é permitido, também, o descarte de animais mortos, lixo doméstico, resíduos hospitalares e contaminantes, além de aparelhos celulares, pilhas, baterias, lâmpadas, cartuchos de toner e resíduos líquidos.
Combate à dengue
Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, as equipes do programa “Contagem Mais Limpa”, da Subsecretaria de Saneamento e Serviços Urbanos, fizeram uma abordagem de porta em porta no bairro Estrela Dalva, na manhã de ontem, quarta-feira (31), levando informação sobre o novo ecoponto e todos os serviços regulares de limpeza que são realizados no município.
Além de conscientização sobre o envolvimento indispensável da população no combate à dengue, com medidas preventivas simples a serem tomadas por cada morador em suas casas.
Cidadã consciente, Valéria reforçou sobre a importância de cada um contribuir para eliminar os focos de dengue, zika e chikungunya. “Eu cuido do meu quintal, limpo minha casa todo dia. Temos que fazer nossa parte, juntar o lixo, não acumular entulho, porque a dengue está aí e se não cuidarmos, os hospitais não aguentam”, alertou.
A região do Nacional conta com a coleta de lixo convencional porta a porta todas as terças, quintas e sábados, durante o dia. Os serviços regulares de capina e roçada também estão sendo feitos na região e já atendeu os bairros Estrela Dalva, Tijuca, Amendoeiras, Novo Recanto, Conjunto Carajás e Nova Pampulha neste mês de janeiro.
Com informações da Prefeitura de Contagem
Foto: Adelcio Ramos / PMC