“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

Na madrugada desta sexta-feira (09), um ciclista participava do cortejo do Bloco da Bicicletinha, identificado como Hegler Ayran Viana Quirino, de 32 anos, morreu após cair no Rio Arrudas, em Belo Horizonte. A vítima perdeu o controle da bicicleta, colidiu contra a mureta de proteção do Arrudas e caiu às margens do rio.

A equipe dos Bombeiros foi acionada para atender a ocorrência por volta das 2h. De acordo com o boletim de ocorrência, os militares fizeram manobras de ressuscitação para tentar reanimar o ciclista, mas ele não resistiu aos ferimentos e faleceu ainda no local.

O óbito foi constatado por um médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A Polícia Civil informou que o corpo de Hegler foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), e que instalará um inquérito para apurar as circunstâncias do ocorrido.

O Bloco da Bicicletinha é um dos maiores do Carnaval de Belo Horizonte e foi às ruas nessa quinta-feira (08). Após duas horas de concentração, o grupo iniciou seu cortejo saindo da Praça da Bandeira. Na sequência, os ciclistas passaram por ruas e avenidas da região Centro-Sul da capital mineira até chegar na Praça do Ciclista. A segunda parada foi na Praça Raul Soares, e bloco encerrou o seu percurso no Viaduto Santa Tereza.

Com informações da Itatiaia

Foto: Redes Sociais / Reprodução