“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

A Cemig apoia diversas iniciativas que farão parte do Carnaval 2024 e a segurança com energia elétrica é tema fundamental para que os foliões possam aproveitar a festa.

Uma das principais ações preventivas é referente à rede elétrica, no intuito de garantir que o Carnaval de rua deste ano ocorra sem acidentes em todo o estado.

Engenheiro de Segurança do Trabalho da Cemig, Francis Nascimento explica que a meta da empresa é “zero acidente”.

Ele explica que a companhia é responsável pelo aval da segurança com relação à rede elétrica nos caminhos propostos pelos blocos e atua inspecionando previamente os trajetos dos desfiles cadastrados nos municípios de sua área de concessão.

Na análise dos trajetos dos trios, a Cemig observa itens básicos de segurança da população, como especificações do cabeamento, cuidados com fios partidos, necessidade de poda de árvores e a condição dos postes do trecho em questão, entre outros cuidados essenciais.

Vale destacar que é proibido o contato dos trios com qualquer componente, cabos – sejam da Cemig ou de uso mútuo – ou equipamentos da rede de Distribuição.

“A companhia verifica a altura dos cabos com base nas medidas dos trios, bem como a altura dos cabos de uso mútuo, ou seja, fios de responsabilidade das empresas de telecomunicações”, explica Francis.

“O objetivo é identificar possíveis situações de risco envolvendo a rede de distribuição”, completa o engenheiro.

Força-tarefa

A Cemig possui centenas de equipes trabalhando em todo o estado para evitar acidentes, incêndios e quedas de energia, visando garantir a segurança de todos durante o Carnaval.

Como as inspeções realizadas pela empresa abrangem milhares de quilômetros de rede elétrica – responsáveis por levar energia de qualidade para mais de 9 milhões de clientes, espalhados por mais de 700 municípios mineiros – o trabalho é efetuado com auxílio de procedimentos que otimizam a atuação dos profissionais da companhia.

Exemplo é a utilização de termovisão, técnica que usa equipamentos para a leitura de raios infravermelhos e torna possível a identificação de áreas de calor em equipamentos e sistemas elétricos.

“O objetivo dessa metodologia é permitir que o olho humano consiga identificar o superaquecimento de um componente ou instalação, possibilitando a inspeção de muitos equipamentos em um curto espaço de tempo e ajudando a prever problemas e estruturar ações mais eficientes e produtivas com relação à segurança da rede”, comenta o especialista da Cemig.

Orientações da Cemig para curtir o Carnaval com segurança:

  • Não lance serpentinas na rede elétrica, especialmente as metálicas;
  • Evite tirar fotos com “pau de selfie” em cima de trios elétricos, camarotes e carros de som. A aproximação com a rede elétrica pode ser fatal;
  • Não coloque enfeites em postes nem na fiação elétrica;
  • Não suba em postes, árvores ou marquises que fiquem perto da rede elétrica;
  • Não jogue jatos d’água na fiação elétrica. Água é bom condutor de energia e provoca curto-circuito;
  • Não solte fogos de artifício perto da rede elétrica;
  • Nunca faça ligação direta na rede elétrica, o popular “gato”. Essa prática é crime e coloca a sua vida e a de outras pessoas em risco;
  • Em caso de fio partido, mantenha distância e acione imediatamente a Cemig por meio do telefone 116.

Em caso de acidente envolvendo a rede elétrica, a população também pode acionar o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar: o telefone dos Bombeiros é 193, e o da PM, 190.

Fonte: Agência Minas

Foto: reprodução/ Julia Lanari