“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

Na tarde do dia 07 de maio, alunos da oficina de jiu-jítsu do CRAS de Ibituruna participaram, em Bom Sucesso, de um treino coletivo com os alunos da oficina de jiu-jítsu do CRAS daquela cidade. O encontro aconteceu na antiga praça de esportes daquele município, onde hoje abriga a sede do CRAS e as salas das oficinas que lá são desenvolvidas.

A oficina de jiu-jitsu do CRAS de Ibituruna é realizada pela prefeitura, por meio da secretaria de Assistência Social, com o apoio da Polícia Militar de Minas Gerais através dos instrutores, 3º Sgt. PM Valdo Rivelino e o 3º Sgt. PM Mariel de Castro, ambos mestres faixas-preta em jiu-jítsu, e atende gratuitamente as crianças em idade escolar do município.

Além da gratuidade das oficinas, é ofertado, sem custo aos alunos, toda a infraestrutura de treino, equipamentos e os uniformes.

Nas oficinas de jiu-jítsu do CRAS de Ibituruna e de Bom Sucesso, os alunos mergulham em uma jornada física e mental que vai além das técnicas de luta. Ao longo das sessões da oficina, os estudantes aprendem não apenas os movimentos e técnicas do jiu-jítsu, mas também os valores essenciais que o acompanham, como disciplina, respeito e autocontrole. Eles são desafiados a superar seus próprios limites físicos e mentais, enquanto desenvolvem confiança em si mesmos e em suas habilidades. Além disso, a oficina promove uma cultura de trabalho em equipe e apoio mútuo entre os participantes. Os estudantes aprendem a importância da cooperação e da camaradagem, enquanto treinam juntos e se ajudam a melhorar. A oficina não se limita apenas à prática física; ela também inclui discussões sobre estratégia, ética esportiva e gestão de conflitos. Os participantes são incentivados a aplicar os princípios do jiu-jítsu não apenas no tatame, mas também em suas vidas cotidianas, promovendo o respeito mútuo e a resolução pacífica de conflitos.

Ao fim do treino, foi servido aos alunos um delicioso lanche, e todos ganharam presentes pela participação.

Fonte e fotos: Prefeitura de Ibituruna