“NÃO SE PRESERVA A MEMÓRIA DE UM POVO

SEM O REGISTRO DE SUA HISTÓRIA”

As famílias de estudantes matriculados na Rede Municipal de Educação e classificadas em situação de pobreza ou extrema pobreza têm até esta quarta-feira (31) para retirar a cesta básica oferecida pela Prefeitura de Belo Horizonte no período de recesso nas escolas.

O benefício faz parte do programa Cesta nas Férias, adotado para reduzir os riscos de insegurança alimentar e contribuir para a garantia de alimentação adequada durante as férias.

Cerca de 5,2 mil famílias de estudantes ainda não buscaram as cestas. Aproximadamente 37 mil famílias (de 57 mil estudantes) já retiraram as cestas.

Para ter acesso às cestas, as famílias devem acessar o site https://cestaestudantes.pbh.gov.br/, informar o CPF e o primeiro nome do responsável pela matrícula do estudante para retirar um voucher. As cestas serão entregues duas vezes ao ano, no período de dezembro/janeiro e outra no mês de julho, com um investimento total de R$ 30 milhões até janeiro de 2025.

A oferta de uma cesta de alimentos básicos, nos períodos de férias escolares, é destinada a estudantes matriculados na Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte, residentes no município, cujas famílias estejam em situação de pobreza e extrema pobreza, de acordo com dados do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), com faixa de renda mensal de R$ 0 a R$ 218 por pessoa.

Serão ofertados dois tipos de cestas de alimentos, considerando o número de estudantes matriculados em cada família e o período de recesso. Todas as cestas vão conter açúcar cristal, arroz branco, café em pó, extrato de tomate, farinha de mandioca, farinha de trigo, feijão carioca e feijão preto, fubá, leite em pó, macarrão, óleo de soja, sal refinado e sardinha.

Com informações da Prefeitura de Belo Horizonte

Foto: Divulgação / PBH