Informações e imagem: valor.globo.com

O vírus da covid-19 está se espalhando intensamente pelo planeta e não irá se acabar, afirmou o diretor – geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreeyesus. Ele implorou para que países retomem às regras de prevenção, como uso de máscaras e higienização das mãos com álcool em gel na contenção do vírus. Pois uma nova onda poderá voltar intensificar no planeta, causando mais casos e mortes.

A Europa está impelida com as subvariantes BA.5 da ômicron e subvariantes BA.4, de acordo com o verão que se concentra no hemisfério norte, com ácumulo de pessoas reunidas nas praças; café e também nas praias, mesmo com a diminuição das novas variantes.

O diretor da OMS também disse que um comitê ligado a instituição, insistiu que o vírus avança e é uma “emergência de saúde pública de interesse internacional” – que é a classificação oficial de uma pandemia.

De acordo com a organização, vários governos estão preocupados com a subvariante BA.5. Mas lembrou que até o momento não há sinais de que essa mutação não será um agravante, e nem desapareça com a cobertura de vacinas disponibilizadas.