Saiba como fazer a consulta e sacar o benefício

Na semana passada, a Caixa liberou o último lote do saque extraordinário de até R$ 1.000,00 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Todos que possuem conta do FGTS com valor disponível têm direito ao saque. As informações são do Portal G1.

O depósito é feito automaticamente na conta do Caixa Tem do trabalhador e por lá, ele pode transferir para outra conta ou realizar compras e pagamentos. Entretanto, em casos em que o valor não é creditado, é preciso pedir a liberação dos recursos. O bloqueio pode acontecer por alguns motivos, como garantia de operações de crédito de antecipação do Saque Aniversário; determinação judicial; pedido de devolução de valor recolhido pelo empregador e dados inconsistentes. Mas se o valor estiver bloqueado na conta do FGTS, ele não será creditado.

42 milhões de trabalhadores estão aptos a receber o saque extraordinário. Para consultar, basta acessar o site da Caixa, o aplicativo FGTS ou ainda comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal.

O trabalhador não é obrigado a sacar o valor disponível. Após a realização do crédito na conta Caixa Tem, é possível desfazê-lo por meio do aplicativo FGTS ou em uma agência da Caixa até o dia 10 de novembro. Caso o crédito seja feito mas não haja movimentação até 15 de dezembro, os valores serão devolvidos à conta FGTS devidamente corrigidos.

Com informações do Portal G1
Foto: Fabiana Figueiredo/ G1