A Secretaria Municipal de Meio Ambiente propôs um projeto em parceria com a Agência Regional de Proteção Ambiental da Bacia do Rio Grande – ARPA Rio Grande, que vai ampliar a capacidade da coleta seletiva em Caxambu, especialmente na zona rural do município, realizada pela Associação de Catadores de Material Reciclável de Caxambu – ASCAMARC.

O objetivo é também aumentar os pontos de coleta e a capacidade de triagem dos resíduos recicláveis além de melhorar as condições de trabalho e a renda dos associados.

O projeto recebeu aval da representante do Ministério Público da Comarca de Caxambu/MG, Dra. Tânia Nagib Abou Haidar Guedes e terá início ainda neste ano de 2022. Desde sua elaboração o projeto tem o apoio técnico da ARPA Rio Grande e o recurso que será destinado vem de termo de ajustamento de conduta firmado pela Promotoria de Justiça da Comarca de Caxambu, como parte das atividades de um projeto maior denominado “Eternáguas Caxambu”.

O MPMG aprovou a execução do investimento na ASCAMARC, pela importância e relevância socioambiental do mesmo. A associação receberá equipamentos como computador, impressora e até um veículo, triciclo com caçamba longa, que auxiliarão na ampliação e prestação dos serviços de coleta seletiva, com consequente melhoria na condição dos trabalhos dos associados.

Em contrapartida, o município de Caxambu instalará pontos de coleta de material reciclável em locais estratégicos da zona rural, e a ASCAMARC fará a coleta desses materiais uma vez por semana. Já a ARPA Rio Grande fará o acompanhamento das atividades e prestação de contas.
Ainda em julho deste ano serão assinados os termos legais entre as entidades para que o projeto comece a ser executado.

Fonte e Fotos: Prefeitura Municipal de Caxambu