Ação foi filmada por câmeras de segurança; caso aconteceu em Registro (SP)

O procurador Demétrius Oliveira de Macedo, de 34 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira, 24, em uma clínica em Itapecerica da Serra (SP), após espancar a chefe e procuradora-geral do município de Registro (SP), Gabriela Samadello. O mandado de prisão foi expedido ontem, 23, pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Registro, Raphael Ernane Neves.

Segundo o Governo do Estado, a prisão foi solicitada após a abertura de inquérito para investigar a conduta do procurador. Fotos e vídeos da agressão, além do depoimento de Gabriela, foram usados para que a prisão fosse solicitada.

Gabriela Samadello é procuradora-geral do município de Registro (SP) e foi espancada pelo colega dentro da prefeitura. Uma câmera de segurança flagrou o momento, em que Demétrius atingiu Samadello com socos e chutes. Ele trabalhava com a procuradora há nove anos e desde o início de 2022 estava subordinado à ela. De acordo com Gabriela Samadello, Demétrius não aceitava ser subordinado a uma mulher; além disso, ela recentemente abriu um processo contra ele por destratar uma funcionária. Com a repercussão do caso, ele foi afastado do cargo e teve o salário suspenso.

Com informações do Portal R7
Foto: reprodução/ Record TV