A Associação Pública dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (AMEG), se solidarizou-se com amigos e familiares das duas vítimas fatais de um acidente marítimo ocorrido no início da noite do último sábado (18), no Lago de Furnas, região conhecida como Cachoeirinha no município de Capitólio.

Imediatamente após ciência do acidente, o prefeito de Capitólio Cristiano Silva juntamente com integrantes da Secretaria Municipal de Saúde do Município deslocaram para o local da ocorrência onde prestaram auxílio às vítimas e acompanharam os trabalhos do SAMU, Marinha do Brasil e da Perícia Técnica da Polícia Civil.

As primeiras informações dão conta de que uma lancha com 14 passageiros a bordo apresentou problemas mecânicos e solicitou apoio de outra embarcação nas proximidades para resgatar os passageiros. Uma chalana com outros 10 passageiros foi ao encontro da lancha à deriva e no momento do transbordo dos passageiros a chalana não suportou o peso e virou. Ao menos dois passageiros, sendo uma mulher da cidade de Paraguaçu/MG e um homem de Guarulhos/SP não conseguiram sair debaixo da embarcação e se afogaram.

Os marinheiros tentaram reanimar as duas vítimas até a chegada do SAMU que confirmou os óbitos. As demais vítimas sofreram apenas escoriações leves.

O prefeito de Capitólio, Cristiano Silva, lamentou o acidente e prestou solidariedade as vítimas. “Nosso respeito as famílias enlutadas neste acidente. Temos trabalhado constantemente para aumentar a segurança na região. Todas as embarcações são obrigadas a fornecer coletes salva-vidas em número suficiente para todos os passageiros e tripulação”, pontuou o prefeito esclarecendo que no momento do acidente vários passageiros usavam o colete.

“Em nome de todos os municípios que compõem a AMEG nos solidarizamos com familiares e amigos das vítimas fatais bem como àqueles que escaparam ilesos deste deste lamentável acidente e reafirmamos o compromisso de todos os gestores municipais da região bem como da Marinha do Brasil, sediada em Furnas, de garantir a navegabilidade segura para todos no nosso Mar de Minas”, concluiu o presidente da AMEG e prefeito de Carmo do Rio Claro, Filipe Carielo.

Fonte/Imagem: AMEG