Estudantes do Rio Grande do Sul, com um projeto de absorventes sustentáveis, foram premiados em 1º lugar da etapa brasileira do Prêmio Jovem da Água de Estocolmo edição 2022, realizada pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes).

Os absorventes SustainPads, são feitos a partir de subprodutos industriais e foram desenvolvidos pelas estudantes do ensino médio integrado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). Sob a orientação da Professora, Flávia Santos Twardowski Pinto, as alunas, Camily Pereira dos Santos e Laura Nedel Drebes.

O valor de cada unidade, custa em média R$0,02centa vos, ou seja, nesse projeto elas conseguiram unir sustentabilidade e projeto social. O tema do combate à pobreza menstrual é algo muito importante que e precisa ser debatido, inclusive com o apoio de políticas públicas.

A próxima etapa será entre os dias 29 de agosto e 2 de setembro de 2022, quando as estudantes brasileiras irão representar o país em Estocolmo na Suécia. Essa iniciativa é formidável, caso elas vençam a competição, será mais um orgulho para o Brasil.

Foto: Abes/ reprodução redes sociais quebrando tabu
Fonte: Correio Braziliense