Além da demissão, CBF anunciou reformulação da estrutura do órgão (Foto: Lucas Figueiredo/ CBF/ direitos reservados)

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) demitiu Leonardo Gaciba, presidente da comissão de arbitragem, e anunciou uma reformulação na estrutura do órgão. Segundo nota da entidade, a decisão tomada na manhã desta sexta-feira (12) ocorreu após reunião entre Ednaldo Gomes, presidente da entidade, e o próprio Gaciba

“Houve entendimento mútuo da necessidade de uma mudança com a implementação de novos procedimentos visando maximizar os acertos e minimizar os erros de todos os envolvidos”, disse a CBF em nota oficial.

O atual vice-presidente da comissão, Alício Pena Júnior, assumira assumirá interinamente a vaga deixado por Gaciba, que estava no cargo desde 2019.  Pena Júnior ficará responsável por acompanhar a arbitragem brasileira nas competições até o final deste ano.

A demissão de Leonardo Gaciba ocorre no dia seguinte à marcação contestada de um pênalti pelo árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo, que originou o primeiro gol do Flamengo na noite de ontem (11), na vitória contra o Bahia por 3 a 0.  Araújo anotou o pênalti ao ver toque do braço do zagueiro Conti na bola. Após chamado pelo Árbitro de Vídeo (VAR), Araújo revisou o lance e manteve o pênalti.

Fonte: Agência Brasil