Autor foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia

A Polícia Militar de Passa Quatro compareceu a uma ocorrência, onde os militares encontraram o Bar do Biquinho, com a fachada e parte do telhado destruídos. Em contato com populares, os militares tiveram a informação que o cidadão apelidado de “Guigui do Ferrão”, teria adentrado de marcha ré com seu caminhão no bar.

Após essa informação, os militares se deslocaram até a residência do autor, onde encontraram o caminhão com vestígios de construção do bar e o autor no interior de sua residência. Devido à situação de flagrante delito, os militares entraram na residência e deram voz de prisão em flagrante ao autor, pelo crime de dano.

De acordo com uma testemunha, foi informado que ao chegar no local, “teria avistado os arrendatários em vias de fato e agressão com o autor, e de imediato tentou separar e acalmar os ânimos. Em seguida, conduziu o autor para seu caminhão, que estava em frente ao bar, logo após o autor entrou em seu caminhão e deu ré em direção ao bar, entrando em seu interior e destruindo toda a fachada e parte do telhado”, informou a testemunha.

Em contato com autor, os militares constataram que ele apresentava fortes sinais de embriaguez, como hálito etílico, andar cambaleante, fala desconexa, vestes em desordem e olhos avermelhados. O autor alegou que realmente ingeriu bebida alcoólica em casa e no bar, ainda alegou que ingeriu whisky, pinga e cerveja; e depois conduziu seu caminhão utilizando o veículo para danificar o bar.

Em contato com a vítima, os militares foram informados que o autor chegou em seu estabelecimento discutindo com um cliente, neste momento o cliente com medo saiu do bar e a vítima, juntamente com seu irmão e sócio do estabelecimento, tentou conter e acalmar o autor, momento no qual houve vias de fato e agressão, mesmo assim as vítimas conseguiram conter o autor e o colocaram para fora do estabelecimento. Ainda segundo relatos, o autor ofendeu as vitímas com palavras de baixo calão e proferiu ameaças.

Diante ao ocorrido, o veículo usado na prática do crime foi removido ao pátio em Itanhandu. Ainda em consulta, os militares constataram que a CNH do autor está vencida desde o ano de 2018. O autor foi levado pra a delegacia para as providências cabíveis, e se negou a passar por atendimento médico.

Fonte: Polícia Militar de Passa Quatro

Vídeos: Redes Sociais