“Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar. Porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é decidir. Cora Coralina”


De acordo com a neurolinguística, ressignificar é o mesmo que dar um novo significado aos bloqueios emocionais a partir de uma mudança na sua visão e na sua memória.
No decorrer da nossa caminhada, passamos por inúmeras experiências que nem sempre são positivas e que nos deixam cicatrizes em forma de abusos, rejeição, bloqueios vergonha e até mesmo superproteção.
A ressignificação é uma palavra usada a muitos anos por vários profissionais, sendo assim, não fique com medo de mudar a sua vida a partir de agora, usando essa lente poderosa.
As Sagradas Escrituras narra uma história de um homem que ao nascer recebeu um nome cujo significado era dor. Isso trouxe um peso muito grande de fracassos e tristezas no decorrer de sua vida. Porém, um dia este homem por nome Jabez, decidiu ressignificar e fez uma pequena prece a Deus: “Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Se me abençoares muitíssimo, e meus termos ampliares, e a tua mão for comigo, e fizeres que do mal não seja afligido! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido.” A
partir daí, sua vida teve um novo sentido. De alguém que tinha vergonha de pronunciar o próprio nome, Jabez se tornou um homem riquíssimo e muito bem sucedido em todas as áreas da sua vida. Com base nesta citação,
podemos entender que a decisão de mudar, o midset está em nossas mãos, “eu decido” se vou continuar uma vida de acumulo de decepções e fracassos, ou se assumo o controle da situação e dou um novo sentido para minha vida.
Nós só conseguimos ressignificar os momentos de dificuldades e que nos causam dor e desconforto, quando dentro de nós existe o desejo genuíno de ser feliz, porque é uma questão de decisão.
Ressignificar não quer dizer que você vai esquecer a experiência ruim, mas que você vai aprender que o medo e a angústia daquela experiência ruim, pode ser transformado em algo muito bom.
”Todos temos dúvidas como reconfigurar, pois estamos sempre acostumados com nossas configurações. Ressignificar são mudanças. Mudanças são processos divinos que nos acontecem. Ressignificação é preciso, mas não é “preciso”. Ressignificar é
complexo, pois implicada em mexer nos mais profundos dos “arquivos” (ensinamentos) e redefinir o “o que” e “o como” somos. Ressignificar implica em entender que o “como” está funcionando e necessita de um “Upgrade” para continuar melhor e mais produtivo.
Ressignificar é adaptabilidade ante o que o mundo “atual” nos oferece. É entendimento, mesmo não “gostando”. Mesmo lendo o
“manual” da reconfiguração podemos correr o risco de sofrer no processo de se Ressignificar.
Ressignificar é conferir o que tá certo e errado, mudar o que for preciso e continuar! Sim! Continuar… Rond Deyvely”

Um excelente final de semana para você e sua família.


Marcos Sipriano é Master Coach, formado pela SBCoaching, Palestrante, Mentor, e Pastor.
Instagram: @marcossipriano7

Acompanhe o Frente a Frente do programa sobre o tema Ressignificação