O 7 de setembro, data comemorativa entre as mais importantes do Brasil, marca um dos principais acontecimentos da nossa história: a independência. Foi nesse dia, em 1822, que D. Pedro deu início à trajetória do nosso País como nação livre, rompendo sua ligação com Portugal.

O feriado nacional de 7 de setembro é caracterizado por comemorações públicas que foram suspensas, nos dois últimos anos, devido à pandemia da COVID-19.

A independência foi resultado de um processo de desgaste nas relações entre os colonos brasileiros, sobretudo da elite, com Portugal e teve relação direta com a Revolução Liberal do Porto, de 1820.

Mas pode-se considerar que tudo começou com a transferência da família real portuguesa para o Brasil, em 1808, depois da invasão de Portugal pelas tropas francesas.

A possibilidade de recolonização do Brasil deu origem ao processo de independência, já que a elite econômica não aceitava essa ideia, que afetaria seus interesses econômicos.

O processo não foi pacífico, e Portugal só reconheceu nossa independência em 1824, depois que os ingleses mediaram um acordo entre brasileiros e portugueses.

“Que o Brasil, a cada dia mais, possa se confirmar como nação livre, valorizando, principalmente, o nosso povo, tão sofrido e que trabalha diariamente para construir a riqueza do nosso País”, comenta o prefeito Lili, em voto de felicitação pela data festiva.

Fonte e foto: Assessoria de comunicação da Prefeitura de São Vicente de Minas