Após envolver em polêmica no inicio do ano, em divulgar algumas mudanças na política de privacidade, o WhatsApp sofreu bastante resistência por parte de usuários e órgãos reguladores do país.

O WhatsApp tentou fazer que os usuários aceitassem a modificação ao divulgar a aplicação de punições para quem não o fizesse, mas por diversas vezes a decisão da implementação foi adiada.

No Brasil, a partir da próxima semana, por fim, o App irá fazer as alterações em sua política de privacidade no país.

Com a nova atualização as mudanças serão feitas no Aviso de Privacidade, a plataforma quer aumentar a transparência de seus termos de uso para que os mesmos possam parecer com os que estão disponíveis para os usuários da Europa. Também serão atualizados os termos do WhstsApp Business.

Em maio ocorreu o último adiamento da medida, foi quando o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o Ministério Público Federal (MPF), a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) e a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) enviaram uma solicitação que pedia 90 dias de prorrogamento no prazo do caso.

O aplicativo de mensagens instantâneas passará a enviar relatórios de impacto das mudanças na privacidade à Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), que supervisiona o cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) por empresas públicas e privadas. O WhatsApp também oferecerá programas educativos sobre como utilizar o app de forma segura e eficiente aos titulares de dados.

O prazo e de até 31 de agosto para a empresa mostrar comprovantes sobre os efeitos das modificações na política de privacidade para os órgãos competentes que acompanham o caso.

Fonte: Informações tudocelular.com

Foto: Reprodução Internet