Vocês já ouviram a expressão,” cuidado com o que se pede”, já a ouvi várias vezes.

    E sempre ela me traz um certo medo, como se desejar algo, ou alguma coisa fosse errado.

    E aí me peguei na juventude, me policiando no ato de desejar, sempre me questionava se aquilo era para mim.

    E aqui não falo só de coisas materiais, mas um cargo melhor, uma amizade mais sincera, um relacionamento mais harmonioso.

    Passei com o tempo a me proibir de sentir isso, essa vontade de mudar algo para melhor, me contentar com o que estava acontecendo e pronto, pois afinal se quisesse mudar poderia ser punida.

   Mas afinal de onde vem a tal punição, nossos educadores acreditavam na punição e nos fizeram acreditar nela também.

   A intenção aqui não é levantar culpados, mas sim fazermos uma reflexão, sobre aquilo que nos foi embutido na cabeça, e vamos combinar, numa época que não existia internet, onde hoje podemos buscar todo tipo de informação. Eles, nossos educadores nos passavam o que viveram, sem ao menos fazer uma atualização.

   O mundo muda, as coisas evoluem, que o diga os computadores e celulares. Então, hoje, na atualidade, com todos os recursos aos quais temos acesso, devemos atualizar o nosso sistema de crenças e passar a entender que desejar algo, seja lá de que origem for, é natural, é possível e é saudável.

   Claro que deve ficar a mensagem, se o seu desejo, for prejudicar a vida de outros, então aí e somente aí, vale uma restruturação, mas não o cancelamento do pedido.

   Somente o reformule para que  a sua felicidade não seja a destruição de outros.

    E se assim o for, vale a premissa de cancelar e partir para outra situação, que talvez a vida quer lhe mostrar.

    Em contra partida,  pode parecer estranho o que vou colocar aqui, mas já parou para prestar atenção em alguns desejos que você tem, o quanto ele esta te custando. Por exemplo, você quer um cargo melhor, você o consegue, mas o preço que  paga por ele é muito alto. Ele pode estar te tirando a leveza, a descontração, os amigos, os familiares e em muitas vezes sua própria saúde.

    Então e somente nesses casos, que citei acima  devemos rever nossos desejos, para todos os outros, aqueles que lhe trazem alegria e um sorriso maroto no rosto, esses devem ficar aí para serem degustados com requinte.

   O filme que me inspirou neste texto foi Mulher Maravilha 1984,HBO Max que mostra como os desejos em algumas situações de nossas vidas podem trazer o caos. Vale a pena conferir.

Conheça mais Li Couto em seu Instagram https://instagram.com/licouto?igshid=2i81a3ty2vr2