O dinheiro será investido na compra de um ônibus para pacientes oncológicos e assistência básica à saúde

O prefeito Lessa conseguiu, em viagem oficial, recursos na ordem de R$ 740 mil para investir no Sistema Único de Saúde de São Lourenço. O recurso foi garantido durante uma visita do chefe do executivo em Brasília.

Na capital federal, o chefe do executivo participou de reuniões na presidência do Senado Federal, onde o trabalho desenvolvido frente à prefeitura de São Lourenço foi reconhecido por parlamentares Federais e Estaduais presentes no evento.

O prefeito Lessa afirmou que o dinheiro já tem destino certo. Desse total R$ 500 mil será destinado para a compra de um ônibus para levar os pacientes oncológicos para o tratamento fora de domicilio e os R$ 240 mil será investido na assistência básica à saúde.

De acordo com o prefeito, a reunião com o Alexandre da Silveira, que é assessor do presidente do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, foi bastante proveitosa para a cidade. “Ficou o compromisso de viabilizar R$ 500 mil para comprarmos um ônibus de 32 lugares para os pacientes oncológicos se deslocarem para Varginha. Vamos proporcionar um atendimento humanizado e com todo carinho e dedicação que essas pessoas merecem, uma vez que já passaram por radioterapia e quimioterapia fazendo o trajeto quase que semanalmente”, disse Lessa.

Na oportunidade, o prefeito ainda anunciou a construção do ambulatório de telemedicina para pacientes oncológicos, que será instalado na casa onde morava o sargento que comanda o Tiro de Guerra. No local serão realizadas consultas ambulatoriais realizadas por videoconferência com o médico que estará na unidade onde o paciente recebeu o tratamento fora do domicílio. As consultas serão acompanhadas por equipes de enfermagem, evitando deslocamentos desnecessários do paciente.

Fonte e fotos: Prefeitura de São Lourenço