O plano vai assistir às pessoas em situação de vulnerabilidade social

Em função do frio intenso previsto para a região, o Governo Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (SMDS), montou um plano de contingência para assistir as pessoas em situação de vulnerabilidade social. A principal ação é a ampliação da cobertura do Serviço de Abordagem Social para atendimento 24 horas entre os dias 28/07 (quarta-feira) à 01/08 (domingo).

Ainda foi acionada uma casa de passagem para acolhimento das pessoas que estão em situação de rua e a disponibilização de agasalhos e cobertores arrecadados durante a campanha de doação em parceria com a EPTV.

O telefone para atendimento da população de rua poderá ser acionado pelo número (35) 99182-0576. Os abordadores e os motoristas são capacitados e orientados para atender a demanda rotineira e emergencial que, neste período, ocorrerá de forma prolongada, conforme a necessidade de atendimento, acolhimento e encaminhamento.

Uma casa de passagem de São Lourenço está apta e comprometida na parceria com a SMDS e com a coordenação do CREAS para atender a esta demanda eventual dos próximos 5 dias.

Roupas de frio e cobertores estão disponíveis para doação na sede do Projeto Crer Ser, resultado da campanha do agasalho realizada em parceria com a EPTV. As pessoas que realmente necessitam podem retirá-los na Rua Ida Mascarenhas Lage, 497 – Federal, entre 8h e 11h 30min e de 13h às 16h 30min.

“É muito importante que a população acione o serviço de abordagem ao ver pessoas em situação de rua para que possamos ajudá-las”, disse Marcel Carvalho, secretário Municipal de Desenvolvimento Social

“Gostaríamos de agradecer e parabenizar a equipe da Defesa Civil pelas orientações e parceria, assim como os líderes da casa de passagem, coordenador e equipe do CREAS”, disse o secretário

Alerta de Frio

O alerta foi enviado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil – SEDEC, por meio do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres – CENAD, com base nas informações geradas pelo Sistema Nacional de Meteorologia (INMET, CPTEC e SIPAM).

Para o Sudeste, os dias mais críticos em termos de menores temperaturas, mínimas e máximas, serão os dias 29 e 30/07 (mínimas entre -2°C e -5°C na Serra da Mantiqueira, divisa entre São Paulo e Minas Gerais.

Fonte e imagem: Prefeitura de São Lourenço