Produzir biscoitos na cidade de São Tiago faz parte da rotina do lugar. Desde que era um arraial, quando ainda não existiam padarias e panificadoras, os moradores de São Tiago produziam suas quitandas. Tudo era feito em casa, de forma bem arcaica e de acordo com os ensinamentos dos mais velhos.

São Tiago, era comnhecida por ser a parada para tropeiros e viajantes que transitavam rumo ao Triângulo Mineiro e Goiás, em comboios vindos principalmente do Rio de Janeiro, era comum ter em casa quitandas para oferecer.

As receitas eram trabalhadas artesanalmente e foram passadas de geração em geração, e mais tarde se tornaram elemento da fonte de renda do município, movimentando sua economia, trazendo à cidade não somente lucro com as vendas, mas atenção de quem gosta e aprecia essas iguarias.

Em 1999, com o intuito de divulgar a produção e projetar a cidade para este ramo não só em Minas, mas também em outros estados, aconteceu a I Parada do Café com Biscoito. A intenção era expor as quitandas na praça para a degustação gratuita e, paralelamente, mostrar a tradição e a cultura da cidade. Há 20 anos é realizada a “Festa do Café com Biscoito”.

Não percam o Resgatando a Nossa História, live que será exibida no dia 7 de junho às 17 horas pelo Facebook do Jornal Panorama, quem vai contar essa história é o Geraldo Sampaio.

Vejam os vídeos enviados por Raimundo Souza, que mostra a festa em edições passadas e também a beleza da Praça Central onde são assados os biscoitos famosos de São Tiago.

Fonte: Assabiscoito – Blog