É impressionante, como algumas pessoas, por ganancia, passam a passar por cima de tudo.

    O interessante é que acredito que a tal cobiça, começa na comparação com os outros.

   Observe pessoas que estão insatisfeitas consigo próprias, vez por outra se pegam em comparação com alguém. Ou é o corpo, ou a inteligência, a beleza, que considera do outro mais do que a dela.

   E a matemática é tão simples, se amem e todos te amarão, se aceite e todos te aceitarão.

   E não importa quantos quilos pese, se sua pele é de seda, se seus cabelos caem em cascatas. Ame-se acima de tudo.

  E garanto que o cabelo ficará brilhoso, a pele terá um viço espetacular, e o peso, cada um tem o seu e pronto.

  Falo isso porque sei de carteirinha que se comparar é um baita erro, fiz muito isso no passado, e vou confessar, prefiro hoje, meus dias são mais leves, se o outro tem alguma qualidade que não tenho, ótimo, vou aprender com ela e valorizar as minhas, que possivelmente,  ela não tenha.

   Costumo falar que cada um tem seu brilho, sua beleza, sua sensualidade, não existe uma regra de ouro ou somente um modelo.

   Pense como o mundo seria sem graça, se todos seguissem o mesmo padrão, vocês vão dizer, mas e a moda, as tendências, não falo disso. O mundo é rico pela sua diversidade, de cores, aromas e formas. Por isso que acredito na unicidade do ser humano.

  Cada um é único e não precisamos tirar nada de ninguém, até mesmo porque quando tiramos, mesmo assim aquilo não nos pertence, tem a energia da outra pessoa.

  Imagine a cena, você acha o look da sua amiga lindo, tenta copiar, mas olha no espelho e não se vê ali, e não vai se achar mesmo, porque quando copiamos perdemos a essência. Mas há outro lado, caso veja alguém usando algo que combina com você  e quer inovar, aí sim,  dá  certo, porque respeitamos nossa individualidade.

   Quando cobiçamos sem medidas, perdemos nossa identidade e passamos a ser algo sem alma, sem cor, sem alegria. Então que passemos a nos amar e nos admirarmos sem moderação. A vida é muito rica e é para todos.

  A serie que me inspirou neste texto foi One, Netflix, conta a história de uma cientista, que junto com outro amigo descobre como através  do DNA, pode achar o par perfeito, a combinação exata para cada um, vale a pena assistir, a cobiça ali é algo que choca, mas faz refletir.

Conheça mais sobre a escritora Li Couto em seu Instagram https://instagram.com/licouto?igshid=2i81a3ty2vr2