Neste ano, a exemplo do ano passado por causa da pandemia do novo coronavírus, não haverá festejos, mas todos os anos Ibituruna para ao final do mês de junho, e festeja o Rosário de Maria com a força da fé popular e a vibração extraordinária dos tambores congadeiros. Junto à bela Igreja de Nossa Senhora do Rosário se concentraram os dançantes do reinado, com suas fardas e instrumentos musicais, vindos do entorno imediato do Campo das Vertentes e do Oeste de Minas, prevalecendo a presença das jombas, ou seja, os moçambiques que habitualmente executam esse ritmo, preponderante na região.

Tendo o próprio moçambique e a congada local como anfitriões, são recepcionados ternos de congadeiros vindos de Bom Sucesso, Santo Antônio do Amparo, Perdões, Cana Verde, Nepomuceno, Oliveira, Lavras, Ijaci, Carrancas, Itutinga, São João del-Rei, Prados e Dores de Campos, das zonas urbana e rural, em certos casos várias guardas de cada município, entre congos, moçambiques, marujos, vilões e catupés.

A comemoração é precedida de novena, com procissões nos três dias finais. Destaque para a alvorada pelos grupos locais, ainda na madrugada. O dia maior é antecedido pela bênção da fogueira e danças ao redor. A estruturação cerimonial religiosa sempre é cuidada com o maior zelo e absoluta devoção, sendo mister reconhecer a valorização que todos os párocos que passam pela Paróquia de São Gonçalo do Amarante concedem às festividades.

No extremo da praça da Igreja do Rosário, quatro mastros são continuamente visitados pelos congados, cantando à sua base as saudações de praxe: dois mastros dedicados à Nossa Senhora do Rosário, um a São Benedito e outro a São Pedro. Ibituruna sempre se regozija por suas tradições e as conserva com carinho.

Para contar um pouco mais sobre a Festa do Reinado de Nossa Senhora do Rosário, o Jornal Panorama trará nesta quarta-feira (30/06), a partir das 17:00H, a participação do pesquisador Gabriel Vale no quadro “Resgatando a Nossa História”, na apresentação da jornalista Nara Almeida.

Vejam os vídeos dos anos anteriores da tradicional festividade à Nossa Senhora do Rosário em Ibituruna:

Os vídeos acima são de Ulisses Passarelli

Vídeo do pesquisador e historiador Gabriel do Vale