“Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade.Tudo posso naquele que me fortalece.”

Filipenses 4:12,13


Nobre, provavelmente em algum momento você já se perguntou, quais são os benefícios reais de desenvolver resiliência e as possibilidades de fortalecimento e amadurecimento que a resiliência pode lhe proporcionar de forma prática? De acordo com a física, resiliência é a capacidade de você ser esticado ao máximo e não se romper. Para uma maior compreensão, resiliência é a capacidade que uma pessoa desenvolve de superar dificuldades, adversidades, angústias ou estresse que ela tem
vivido de forma estratégica, transformando as suas crenças para aprende a trabalhar com suas atitudes, com sua visão diferente sobre a situação.
Abaixo destaco 6 passos de como desenvolver a resiliência, com baseno INPA.

  1. Ser Uma Pessoa Adaptável
    O que seria ser uma pessoa com habilidade para se adaptar? Pessoas resilientes têm flexibilidade para ver diferentes pontos de vista. Assim, essas pessoas conseguem se adaptar ás situações através de ajustes.
    É a frase “escolher ver a vida de outra forma”. Afinal, é muito fácil, em situações ruins ver apenas o lado ruim. Logo, trabalhar o psicológico para respirar e tentar ver o “outro lado da moeda” é um treino que deve ser feito para se tornar mais resiliente.
  2. Focar em Atitudes Assertivas
    É preciso trabalhar atitudes positivas e assertivas. Assim sendo, ao
    invés de ficarem paralisadas pela negatividade, pessoas resilientes
    procuram ou uma solução para o problema ou aprendem lições com essa
    situações.
  3. Aprender Com As Situações
    A resiliência trabalha com a habilidade de, por meio de experiências negativas, aprender lições. Dessa maneira, quando acontece alguma situação ruim ou complicada, é preciso não focar em coisas, como:
    =quem é o culpado?
    =por que algo ruim aconteceu comigo?
    =a vida é injusta.
    Se vitimizar não ajudará a lidar com os problemas. Logo, pessoas resilientes costumam se perguntar o que aprenderam com a situação para, na próxima vez, poder tomar atitudes diferentes.
  4. Procure Formas de Liberar o Estresse e a Tensão
    Em alguns momento, é preciso procurar formas de liberar sentimentos negativos. Assim sendo, há formas de aprender a lidar com as emoções difíceis. A terapia é a principal maneira de aprender a lidar com esses sentimentos. Todavia, algumas formas alternativas para lidar com a tensão é por meio de meditação, da prática de hobbies e esportes ou de formas de expressão, como escrever diários.
  5. Confie Em Si Mesmo
    Para se tornar uma pessoa resiliente é preciso trabalhar, também, a autoestima e a autoconfiança. Dessa maneira, é preciso:
    =reconhecer suas qualidades;
    =acreditar em si mesmo;
    =ter autoestima;
    =saber se amar;
    =saber se respeitar.
  6. Ter Bases de Apoio
    Ter relacionamentos de apoio em sua vida, como família e amigos, são uma forma de desenvolver a resiliência. Afinal, os relacionamentos positivos e saudáveis são uma forma de apoio para tranquilizar e apoiar.
    Desse modo, pessoas com bases de apoio conseguem se recuperar melhor de situações difíceis.
    Há outras formas de desenvolver a resiliência, como realizar planos e metas realistas, saber gerenciar os sentimentos e impulsos e ter boas habilidade de comunicação.
    Lembre-se nobre, você é um escolhido de Deus e se você está vivo é porque Deus permitiu e isso não é fake News.
    Te desejo uma semana próspera e abençoada!

Por: Marcos Sipriano é Master Coach, formado pela SBCoaching,Palestrante, Mentor e Pastor.
Instagram: @marcossipriano7

Assista a live sobre o tema