FILMES – CRÍTICA Jogos Mortais 2 (2005)

Ainda que não seja tão bom quanto o primeiro, é um ótimo filme e um dos melhores da franquia. Conta com um ótimo enredo, dessa vez contado de duas perspectivas diferentes e interligando as duas de um modo genial e com reviravoltas surpreendentes, mas que não impressiona tanto na construção da história e os personagens são bem esquecíveis. As atuações são boas, principalmente de Donnie Wahlberg como o Detetive Matthews e Tobin Bell como John Kramer, que é um dos personagens mais memoráveis dos filmes do gênero. A trilha sonora é de qualidade, a ambientação é excelente e muito bem construída e a direção e fotografia são muito boas. Conclusão: Uma sequência de qualidade e um ótimo filme até hoje. Dou 8 de 10 para Jogos Mortais 2.

SÉRIE – CRÍTICA Sons of Anarchy- 2ª Temporada (2009)

Uma evolução em tudo da primeira temporada e muito marcante. Conta com um enredo fantástico, que já começa envolvente e nunca deixa o ritmo cair, principalmente nos últimos episódios que são muito envolventes e o final é angustiante e sensacional. Os personagens são muito cativantes e se desenvolvem muito bem durante a temporada, os antagonistas são muito bons e você realmente os odeia, as atuações são incríveis, principalmente de Charlie Hunnam como Jax Teller, Ron Perlman como Clay Morrow, Katey Sagal como Gemma Teller Morrow e Adam Arkin como Ethan Zoebelle, um vilão excelente e que você já começa a odiar desde a primeira vez que você o vê. A trilha sonora é impecável, a direção é muito boa e de qualidade constante e não tem nenhum episódio ruim ou mais fraco, todos são incríveis e só melhoram. Conclusão: Uma temporada infinitamente superior a primeira, melhorando tudo que já era bom e consertando o que não tinha funcionado. Dou 10 de 10 para Sons of Anarchy (2a Temporada).

JOGOS – CRÍTICA Mafia- Definitive Edition (2020)

Um dos Remakes mais bem feitos e impressionantes que eu já joguei na vida. Conta com um enredo fantástico, bem ao estilo dos clássicos filmes tipo O Poderoso Chefão e Os Bons Companheiros, com personagens marcantes e bem desenvolvidos, momentos de ação empolgantes e boas reviravoltas. A jogabilidade é ótima, principalmente no combate com armas de fogo e na direção de veículos, mas que peca no combate corpo a corpo que é bem fraco e no mundo aberto vazio. A ambientação é imersiva e impecável, acompanhada por uma trilha sonora sensacional que deixa o clima do jogo bem envolvente, se passando na fictícia cidade de Lost Heaven, inspirada em várias cidades dos Estados Unidos e na época da Lei Seca, talvez uma das mais famosas épocas da Máfia. E pra finalizar, os gráficos são lindos e detalhados, talvez um dos jogos mais bonitos de mundo aberto já feitos. Conclusão: Um excelente jogo e um dos melhores Remakes que eu já joguei. Dou 9 de 10 para Mafia- Definitive Edition.

Netto Lage – Francisco Bernardes Lage Netto, estudante (18), cursando Jornalismo na Universidade de Franca, gamer, cinéfilo, autodidata. Desde a infância é apaixonado por filmes, séries e jogos. Com o tempo, sentiu necessidade de extravasar e registrar a sua opinião. Inspirado pelo youtuber Carlo Chim, iniciou suas críticas, sempre postadas em seu perfil no Instagram. O mundo do cinema o fascina, e tem como objetivo profissional, atuar em algum dos diversos segmentos que essa área oferece.