Os próprios usuários marcarão seus procedimentos e exames especializados

Com o objetivo de dar maior resolutividade e otimização no cuidado aos usuários, o Governo Municipal realizou uma mudança no fluxo de encaminhamento aos médicos especialistas.

A porta de entrada dos usuários ao Sistema Único de Saúde (SUS) é a Atenção Básica, por meio das Unidades Básicas de Saúde (UBS). Nessas unidades os usuários encontram estrutura pronta para que a maioria das demandas de saúde sejam resolvidas nas próprias UBS. Essas demandas vão desde o trabalho preventivo com a distribuição de preservativos até a consulta com médicos que podem resolver, por exemplo, casos de diabetes e hipertensão.

A partir da próxima segunda-feira (31/05), os profissionais das UBS seguirão um protocolo de encaminhamento dos usuários para os serviços especializados. Também haverá mudança no agendamento e redução da burocracia para marcação de exames laboratoriais, ultrassom e Raio-X.

Os exames laboratoriais (sangue, urina e fezes) serão agendados no 2º andar da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas) pelo próprio usuário, de segunda a sexta-feira, entre 12h e 16h. O Raio-X não necessitará mais de agendamento. O usuário com o pedido médico comparecerá a Policlínica de segunda a sexta-feira entre 7h 30min e 10h e 30min e 13h e 16h 30min para realizar o procedimento.

Já as consultas com os especialistas serão agendadas pela Central de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O usuário deverá apresentar o encaminhamento do médico da UBS e a marcação dependerá do cumprimento dos protocolos de cada especialidade. As especialidades disponíveis são: endocrinologia, cardiologia, oftalmologia, cirurgia geral, ginecologia/obstetrícia, otorrinolaringologia, dermatologia, angiologia, neurologia, proctologia, cirurgia pediátrica, nefrologia, urologia e retinologia.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Ricardo Luiz Christo Coelho, o próprio usuário irá até a Central de Regulação com o encaminhamento do médico da UBS para marcar a consulta com o especialista. Também será o usuário quem deverá solicitar a autorização ao médico regulador para realizar os exames de alta complexidade na rede credenciada.

“Nossa intenção é que esse novo fluxo reduza a carga e o custo do sistema público de saúde, direcionando os recursos financeiros para os atendimentos realmente necessários. Muitos casos que poderiam ser resolvidos pelos médicos das Unidades Básicas de Saúde são encaminhados para os especialistas, aumentando a espera de atendimento dos casos realmente necessários”, explicou o gestor.

“Os profissionais da Central de Regulação irão avaliar os encaminhamentos e, se não estiverem dentro dos critérios estabelecidos nos protocolos, uma nova consulta será agendada de forma imediata na Unidade Básica de Saúde”, complementou Ricardo.

Unidades Básicas de Saúde

As UBS ofertam atendimento pediátrico, ginecológico, clínico geral, enfermagem e odontologia. Os serviços contemplados são as consultas médicas, inalações, injeções, vacinas, curativos, tratamento odontológico, testes de HIV, Sífilis, Hepatite B e C, dentre outros serviços de promoção e prevenção a saúde.

Fonte e foto: Prefeitura de São Lourenço