Rede de Notícias do Sindijori MG – www.sindijorimg.com.br

Ipatinga antecipa pagamento do 13º

                       Com o objetivo de fomentar o comércio, tão afetado pela pandemia e, também, pela Onda Roxa imposta pelo programa Minas Consciente, a Prefeitura Ipatinga anunciou a antecipação da primeira parcela do 13º salário. Parte da gratificação, que normalmente é paga no fim do ano, deve ser disponibilizada aos servidores municipais no próximo dia 10, reforçando os valores a serem quitados em favor da categoria no início do mês, referentes ao trabalho de maio. O adiantamento pode injetar cerca de R$ 12,6milhões na economia local, sendo que benefício também se estendem aos servidores inativos. (Diário do Aço – Ipatinga)

Prefeitura retoma vacinação por idade

                       A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Juiz de Fora deve voltar a vacinar pessoas sem comorbidades, por faixa etária, nas próximas semanas. De acordo com os representantes da pasta, a intenção é imunizar este grupo paralelamente à vacinação dos grupos prioritários previstos no Plano Nacional de Imunização (PNI). Em entrevista coletiva à imprensa, o secretário de Estado de Saúde (SES), Fábio Baccheretti, também afirmou que o Governo de Minas Gerais já começou a planejar a vacinação dos mineiros sem comorbidades, que deve ocorrer a partir de junho. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

Prefeitura desocupa área invadida

                       A Prefeitura de Montes Claros desocupou nove hectares e meio de duas áreas institucionais invadidas no bairro Acácias. A ação foi executada pela administração, com apoio da Polícia Militar. “Nesta operação, com base na legislação municipal que dispõe sobre o uso e ocupação do solo no município, foram desobstruídas 120 ocupações, sendo retiradas estacas, postes, arames e barracas que não continham objetos de valor e nem pessoais, além de placas com os dizeres ‘Tem dono. Não Mexe’, colocadas pelos invasores. Muitas delas, com nome e telefone do infrator”, informou o gerente de Normatização e Controle Ambiental da Prefeitura, Vinicius Queiroga. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)

Bebês apresentam anticorpos

                       A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), desenvolveu uma pesquisa que identificou bebês que nasceram com anticorpos para a covid-19. Em Uberlândia foram 23 crianças, enquanto em âmbito estadual, os números chegaram a 69 casos de transferência de anticorpos IgG, passados da mãe para o filho no grupo de cinco municípios participantes da pesquisa: Uberlândia, Contagem, Itabirito, Ipatinga e Nova Lima. No Brasil, também há outros casos semelhantes, os quais foram registrados  no Acre, Bahia e Santa Catarina. (Jornal 10 – Uberaba)

Araxá recebe capacetes Elmo

                       A Prefeitura de Araxá recebeu a doação de 15 unidades dos capacetes “Elmo” doados pela Mosaic Fertilizantes; uma tecnologia simples e não invasiva, que visa reduzir a necessidade de internação em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e a intubação de pacientes infectados pelo novo coronavírus. Com isso, o município passa a ter disponível mais de 30 equipamentos deste modelo para tratamento de casos de baixa e média complexidade, uma vez que a utilização do capacete reduz em até 60% a intubação de pacientes, o que contribui para a redução da ocupação de leitos para o tratamento da doença. (Correio de Araxá)

Presídio de TO recebe equipamentos

                       O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Rogério Greco, e o diretor do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG), Rodrigo Machado, estiveram no Presídio de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, para participar da solenidade de entrega de veículos, armamentos e equipamentos destinados a melhorias do sistema prisional da 15ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp). Kits que garantem qualidade ao trabalho de policiais penais e armas longas foram concedidos, respectivamente, por meio de emendas parlamentares dos deputados estaduais Sargento Rodrigues e Bruno Engler. (Diário Tribuna – Teófilo Otoni)

Fetram denuncia irregularidades

                       A Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado de Minas Gerais (Fetram), protocolou uma Ação Civil Pública apontando possíveis irregularidades no serviço de transporte de táxis-lotação em Ouro Preto. A Ação pede a suspensão imediata do serviço no município, que possui 23 veículos cadastrados. O processo de número 5000843-80.2021.8.13.0461 será julgado pela 1ª Vara Cível da Comarca de Ouro Preto. Dentre as irregularidades apontadas, está a alegada existência de transporte clandestino, o que acarretaria em prejuízos para a empresa de transporte urbano da cidade, a Rota Real. (O Liberal – Ouro Preto)