FILMES – Mortal Kombat (2021)

Uma obra que falha tanto em ser uma boa adaptação da série de jogos quanto em ser um filme bom. Conta com um enredo bem ruim, cheio de personagens mal desenvolvidos e simplesmente jogados na história sem motivo e que quase nada é bem
contado ou explicado, quem não é fã vai ficar perdido e quem é fã com certeza vai ficar com raiva de algumas péssimas decisões tomadas pelos roteiristas. O ritmo do filme é muito corrido e quase não tem tempo pra nenhum desenvolvimento, mas pelo menos é envolvente, não cansa e até entretém em certo ponto. As atuações são medíocres, as únicas que se salvam são Joe Taslim e Hiroyuki Sanada como Bi-Han/Sub-Zero e Hanzo Hasashi/Scorpion respectivamente, e que são muito mal aproveitados e quase não aparecem no filme. As cenas de ação são muito boas e bem feitas, com a violência clássica dos jogos e empolgam bastante, os efeitos especiais variam de muito bons para ruins em vários momentos, mas no geral funcionam e a trilha sonora é bem esquecível, a única música que é realmente boa é a música dos créditos que é um remix da música tema do filme de 1995. Conclusão: Infelizmente mais uma adaptação de games que falha em ser um bom filme, mas pelo menos ainda é assistível e entretém até certo ponto.
Dou 4 de 10 para Mortal Kombat (2021).

SÉRIE – Demolidor- 2ª Temporada (2016)

Mais intensa, envolvente e melhor em tudo que a primeira temporada. Conta com um enredo fantástico do início ao fim, além de ser muito envolvente e ter dois focos que se desenvolvem muito bem e não ficam confusos ou cansativos. As atuações são incríveis, Charlie Cox e Deborah Ann Woll ainda estão muito bem como Matt Murdock/Demolidor e Karen Page, mas nessa temporada dois personagens roubam a cena, que são Elektra Natchios, interpretada por Elodie Yung e Frank Castle/Justiceiro, vivido magistralmente por Jon Bernthal. A trilha sonora é excelente, a direção dos episódios é muito boa e as
cenas de ação são sensacionais, com destaque para as lutas envolvendo Demolidor e Elektra, em que a coreografia é impecável e divertido de acompanhar. Conclusão: Uma temporada muito melhor que a anterior, apresentando personagens marcantes e com momentos muito memoráveis. Dou 10 de 10 para Demolidor (2ª Temporada).

JOGOS – Kingdom Hearts (2002)

Um dos crossovers mais inesperados e inusitados gerou um dos RPGs mais memoráveis da história dos games. Conta com um enredo muito bom, que embora seja bem simples, é bem envolvente e cheio de personagens carismáticos e cativantes, tanto os da Disney quanto os de Final Fantasy. A jogabilidade é excelente na imensa maioria do tempo, tirando um mundo específico que é bem irritante e as partes obrigatórias da Nave que viaja entre os mundos que são muito repetitivas e não acrescentam em nada no gameplay, mas de resto é um jogo bem fluído e divertido do início ao fim. Levando em conta que é um jogo original de PlayStation 2, os gráficos eram lindos na época e continuam bonitos até hoje nessa versão que roda a 60FPS no PS4 normal. E pra finalizar, a trilha sonora é sensacional e a ambientação é bem variada e fiel aos filmes clássicos da
Disney. Conclusão: Um excelente RPG de um crossover que ninguém esperava que fosse acontecer ou que podia dar certo. Dou 9 de 10 para Kingdom Hearts.

Por: Netto Lage – Francisco Bernardes Lage Netto, estudante (18), cursando Jornalismo na Universidade de Franca, gamer, cinéfilo, autodidata. Desde a infância é apaixonado por filmes, séries e jogos. Com o tempo, sentiu necessidade de extravasar e registrar a sua opinião. Inspirado pelo youtuber Carlo Chim, iniciou suas críticas, sempre postadas em seu perfil no Instagram. O mundo do cinema o fascina, e tem como objetivo profissional, atuar em algum dos diversos segmentos que
essa área oferece.