O que nos faz ter determinação? Desconfio que é um tanto complicado ter tal comportamento, admiro quem tem determinação em quase tudo o que faz.

   Conheci uma pessoa de minha família, que era assim, uma mulher determinada, mas encontrou em seu caminho alguns desafetos.

   As pessoas não reagem bem a determinação, vivemos em uma sociedade, dominada, ainda que  isso possa parecer absurdo em pleno século 21, pelo medo.

  E pessoas com determinação, não tem medo, de se expressar, de tomar decisões, mesmo que isso acarrete algumas desavenças e desafetos, como citei acima.

  Como  admiro, pessoas determinadas, estou fazendo um exercício diário, para chegar, mesmo que não cem por cento, mas  setenta por cento, determinada.

   É curioso como pessoas assim despertam admiração, que logo é encoberta por julgamentos rígidos, por isso  que a pessoa ao escolher, ser determinada, deve se bancar, porque vão pegar pesado. Mesmo que isso traga alguns desconfortos, muitas vezes, físicos, ela não deve desistir.

    Dessa forma nos pegamos pensando, não sou determinada, será?

    Qual foi a última decisão que tomou, qual foi a última pessoa a qual você defendeu, pense e pondere.

    Nó mulheres temos o péssimo, hábito, adquirido por muitos anos de educação castradora, de não defendermos nossas ideias e nossas opiniões.

    Mas já viram uma mulher defender seus filhos (as)? Elas se transformam e adquirem uma força sobre-humana.

    Certa vez, uma querida amiga , pulou na piscina para resgatar o filho, um bebê de dois anos mais ou menos, que caíra, ela chegou até ele, resgatou, entregou ao pai que estava ali na beirada da piscina, neste momento ele falou que ela era louca, pulou na piscina sem saber nadar. Foi só aí que ela voltou a realidade e seu marido pulou na piscina para resgatar ela, que passou a se afogar.

    Se isso não é ter determinação, não sei o que é, acredito que um pouco de loucura e talvez isso parte do pacote.

    Então quando bater a dúvida, volte ao seu cotidiano e percebe quantas vezes no seu dia a dia, você usa de toda sua determinação.

  O filme que me fez refletir sobre isso foi Radio Active, Netflix, que conta a história de Marie Curie, cientista que defendeu a sua descoberta, o elemento Rádio, que nos possibilitou, hoje, realizar os tão comuns raios X que salva tantas vidas. Vale a pena conferir a determinação dessa mulher numa época ainda mais machista que as de hoje.

Conheça mais sobre a escritora Li Couto em seu Instagram https://instagram.com/licouto?igshid=2i81a3ty2vr2

Ouça o podcast desse artigo