“Gerenciar os pensamentos é ser livre para pensar e não escravo dos pensamentos.” Augusto Cury

A ausência de gerenciamento dos pensamentos pode produzir depressão, estresse e ansiedade. Ao longo dos anos, milhares de pessoas estão cada vez mais sofrendo, porque não sabem que seu “eu” pode e deve assumir o controle e liderar seus pensamentos. Uma pessoa muito ansiosa e estressada, pode gastar mais energia do que dez trabalhadores braçais.
Existe uma excelente técnica para gerenciar os pensamentos, que constitui de três pilares da inteligência humana, conhecida como: D – C – D: duvidar, criticar, determinar. Ela deve ser feita de maneira silenciosa, várias vezes por dia, com coragem e emoção.
Aquilo que você crê, te controla, com isso, duvide de tudo que você crê e que te perturba. Duvide também das mentiras dos seus pensamentos negativos.
Não aceite ideias pessimistas, excesso de preocupação e pensamentos precipitados. Critique pensamentos negativos e combata-os. Não sofra por antecipação, treinando sua mente a não se perturbar logo pela manhã. Após duvidar e criticar, pratique a terceira etapa da técnica. Determine ser feliz, determine ser forte, seguro de si e não ser escravo dos seus conflitos. Decida lutar pelos seus sonhos e mentalize isso diariamente.
É fundamental saber que você só terá sucesso ao determinar algo, se primeiramente você duvidar e criticar, caso contrário, determinar se tornará uma técnica de motivação rasa, incapaz de suportar os problemas que se apresentarem no decorrer do seu dia.
De acordo com o Dr. Augusto Cury, existem algumas maneiras eficazes para gerenciar os pensamentos, tais como:

  1. Exercer a liderança de si mesmo para ser um líder social e profissional.
  2. Governar a construção de pensamentos que debilitam e bloqueiam a inteligência.
  3. Capacitar o “eu”, que representa a nossa capacidade consciente de decidir, para ser ator principal do teatro da nossa mente. Sair da plateia e dirigir o script da vida.
  4. Deixar de ser espectador passivo das ideias negativas.
  5. Ser livre para pensar, mas não escravo dos pensamentos. É ser senhor e não servo dos pensamentos.

Uma grande descoberta da teoria da inteligência, é a síndrome do pensamento acelerado, que acomete a maioria da população das sociedades modernas. E o que adianta ser o mais eficiente dos profissionais, estando em um leito de hospital? Ou de que adianta trabalhar igual a uma máquina e perder as pessoas que amamos?
O Mestre dos mestres, revolucionou a psicologia pela sua celebre capacidade de gerenciar seus pensamentos. As pressões
sociais que viveu desde sua infância, eram para torna-lo em um ser humano estressado, irritado e sem controle, mas sua mente era calma. Somente alguém que é líder dos seus pensamentos, pode ser
tão sereno e capaz de convidar a beber da fonte da Água da Vida.
Desejo de coração que você e sua família tenham um abençoado final de semana.

Marcos Sipriano é Master Coach, formado pelo SBCoaching , Empresário. Palestrante, Mentor e Pastor.
Instagram: @marcossipriano7

Acompanhe a live do Frente a Frente desta semana!