Rede de Notícias do Sindijori MG – www.sindijorimg.com.br

1.200 não voltam para 2ª dose

            Cerca de 1.200 idosos entre 70 a 84 anos que ainda não procuraram as Unidades de Saúde referência (Unileste, Uninorte e Unioeste) na campanha de imunização contra a Covid-19 em Araxá. O complemento é importante porque somente após duas semanas da segunda dose a vacina pode atingir o máximo da eficácia e proteger contra casos mais graves, caso a pessoa seja infectada. De acordo com o Instituto Butantan, o intervalo entre a primeira e a segunda dose de CoronaVac é de 14 a 28 dias. (Diário de Araxá)

Uberaba recebe doação

            O Governo Municipal recebeu uma unidade de aparelho ressuscitador infantil. A doação foi realizada pela Casa da Amizade – Rotary Clube Uberaba Leste. O equipamento será destinado ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e auxiliará no transporte de crianças intubadas. O equipamento é destinado à ventilação mecânica monitorada, não invasiva do paciente em atendimento e transferência de nível avançado do neonatal e ou pediátrico do atendimento móvel de urgência. O secretário de Saúde, Sétimo Bóscolo, explicou que a doação será utilizada nas ambulâncias do Samu, no transporte de crianças recém-nascidas. (Jornal da Manhã- Uberaba)

UFJF sobe quase dez posições

            A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) subiu no ranking do Índice Geral dos Cursos (IGC), elaborado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) do Ministério da Educação (MEC). A Universidade obteve o conceito 4, e atingiu o 91º lugar entre as instituições com o melhor resultado. Na edição anterior, realizada em 2018, a UFJF tinha ficado na 100ª posição. O levantamento inclui 2.070 instituições públicas e privadas e considera os cursos avaliados entre 2017 e 2019. A nota máxima que se pode atingir é 5. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

Hospital receberá recurso

            O vereador Rodrigo Pimentel recebeu o ofício do deputado estadual Fernando Pacheco comunicando a indicação de emenda parlamentar no valor de R$ 200.000,00 para a Casa de Caridade Leopoldinense. A emenda n. 67692 apresentada por Pacheco atendeu a um pedido do vereador Rodrigo Pimentel e do Partido Verde de Leopoldina, e tem por finalidade a aplicação em custeio do referido hospital. Em sessão ordinária da Câmara Municipal na última terça-feira, 21, , o vereador e também presidente do PV local comemorou a notícia, agradecendo ao deputado pela indicação da emenda. (O Vigilante Online- Leopoldina)

UFU está entre as melhores

            O indicador The Times Higher Education Impact Rankings colocou a Universidade Federal de Uberlândia (UFU) entre as melhores instituições de Ensino Superior do mundo. Dentre as 1.115 universidades ranqueadas nesta edição de 2021, a UFU está classificada entre as 301-400 melhores do mundo. O THE Impact Rankings é único indicador de desempenho global que avalia as universidades em relação aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), o que inclui universidades que desempenham papel importante para as comunidades nas quais se inserem. (Diário de Uberlândia)

Mariana com menor letalidade

            A Prefeitura de Mariana apresenta os dados da taxa de letalidade da Covid-19, uma das menores da região. Esse comparativo permite observar a noção de gravidade da doença numa determinada localidade, considerando o número de óbitos pela doença em relação ao total de casos confirmados. Ouro Preto e Itabirito, cidades vizinhas do nosso município, apresentam 2,03% e 0,97% de casos de letalidade, respectivamente. Conforme os dados do último boletim epidemiológico de sexta-feira, 23, Mariana apresenta 6.812 casos confirmados e 67 óbitos, fazendo com que o percentual de letalidade seja de 0,97%. (Portal da Cidade- Mariana)

Arcos conta com 8 respiradores

            A Prefeitura Municipal de Arcos destinou cerca de R$2 milhões para a compra de equipamentos ao Centro de Atendimento à Covid-19 (CTI-Leitos de Enfermaria), que funciona no novo bloco cirúrgico da Santa Casa, com entrada independente pela rua Messias Macedo. Parte dos recursos foi destinada à aquisição de oito ventiladores pulmonares (respiradores) da marca Leistung. Cada respirador teve o custo de R$60 mil. São equipamentos muito modernos, inclusive, a fabricante exporta modelos similares para 45 países. O Município se sente realizado por mais esta conquista, principalmente neste momento quando os ventiladores pulmonares se tornam tão importantes para os pacientes mais graves acometidos pela Covid-19. (Correio Centro-Oeste- Arcos)