Filmes – Crítica – Ford vs Ferrari (2019)

Um filme baseado em fatos que se tornou o melhor filme de corrida que eu já assisti. Conta com um enredo excelente e bem contado, apesar de eu achar que a duração podia ser menor, e cheio de momentos marcantes, principalmente os últimos 40 minutos que são alguns dos momentos mais incríveis de qualquer filme de corrida. As atuações são fantásticas, principalmente Matt Damon como Carroll Shelby e Christian Bale como Ken Miles, que estão muito bem em seus papéis. A fotografia é linda e a montagem é excepcional, tanto que rendeu o Oscar ao filme, e a trilha sonora é muito boa. Conclusão: O melhor filme de corrida que eu já vi e um excelente filme biográfico. Dou 9 de 10 para Ford vs Ferrari.

Série – Crítica – WandaVision (2021)

A primeira série da Marvel no Disney+ é um início excelente para novas produções dela no streaming. Conta com um enredo fantástico e envolvente, cheio de reviravoltas e momentos marcantes, embora demore um pouco pra realmente envolver quem tá assistindo. As atuações são excelentes, principalmente de Elizabeth Olsen e Paul Bettany como Wanda e Visão, que têm uma química muito boa em todas as cenas que aparecem juntos. Os efeitos especiais são espetaculares pra uma série, a trilha sonora é de qualidade e mistura músicas de diferentes épocas e a direção é excelente também. Conclusão: Pra uma primeira série da Marvel Studios, é uma série impressionante e excelente que gera muita expectativa para as próximas. Dou 9 de 10 para WandaVision.

Jogos – Crítica – Mortal Kombat (2019)

O jogo mais recente da franquia mais violenta de jogos de luta é, sem dúvida, o melhor e mais divertido dela. Conta com um enredo muito bom, não impressiona na narrativa mas satisfaz pelos momentos marcantes, uma dublagem/localização em português do Brasil sensacional e cenas extremamente bem feitas de ação, embora peque na vilã que é uma das mais sem graça e sem carisma da franquia. A jogabilidade é fantástica, indo mais pra um lado competitivo, é fácil de aprender e difícil de dominar, e tem um elenco de personagens variado. E há mudanças na jogabilidade pra quem veio do Mortal Kombat X ou 9, o que quer dizer que vão ter que pegar o jeito desse novo estilo mais competitivo. A trilha sonora é excelente, os gráficos são lindos, principalmente nos efeitos de golpes e nos personagens e a violência e brutalidade são ainda maiores nesse jogo, o que é sensacional pra todo fã de Mortal Kombat. Conclusão: Um dos melhores jogos de luta que eu já joguei e o melhor Mortal Kombat já feito até hoje. Dou 9 de 10 para Mortal Kombat 11.

Por Netto Lage – Francisco Bernardes Lage Netto, estudante (18), cursando Jornalismo na Universidade de Franca, gamer, cinéfilo, autodidata. Desde a infância é apaixonado por filmes, séries e jogos. Com o tempo, sentiu necessidade de extravasar e registrar a sua opinião. Inspirado pelo youtuber Carlo Chim, iniciou suas críticas, sempre postadas em seu perfil no Instagram. O mundo do cinema o fascina, e tem como objetivo profissional, atuar em algum dos diversos segmentos que essa área oferece.