Também foi constatato o crime de maus tratos contra as aves, as sobreviventes foram soltas em seu habitat natural

Na noite de 7 de abril, a Polícia Militar Rodoviária de Caxambu, durante realização de Blitz de trânsito, constatou o transporte ilegal de 104 (cento e quatro) pássaros da fauna silvestre nativa brasileira. O crime estava sendo executado por duas pessoas que se utilizavam de um veículo com placas do Estado do Rio de Janeiro, sendo este o destino final dos pássaros que foram capturados em matas mineiras.

Na ocasião, os policiais militares rodoviários tomaram às providências criminais e encaminharam os pássaros para a Polícia Militar de Meio Ambiente de São Lourenço. Onde foi lavrado em desfavor dos autores autuações que somadas atingem o valor de R$ 334.806,16 (trezentos e trinta e quatro mil oitocentos e seis reais e dezesseis centavos), pois além da constatação do transporte ilegal de pássaros da fauna silvestre, fora detectado o cometimento de crime de maus tratos contra as aves, pois a forma em que estavam sendo transportadas demonstravam desdenho e crueldade contra os animais. As aves sobreviventes foram soltas em seu habitat natural.

A equipe da Polícia Militar de Meio Ambiente de São Lourenço foi composta pelo sargento Rogério e cabo Timóteo e a a ação da Polícia Militar Rodoviária foi realizada pelos militares Cb Netto e Cb Tiago.

Com informações e fotos: Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais