Rede de Notícias do Sindijori MG – www.sindijorimg.com.br

Congonhas cria auxílio emergencial

Foi aprovado na Câmara Municipal o projeto de autoria do Executivo que cria o ‘Projeto Confia Congonhas”. O objetivo é viabilizar a entrega de auxílio emergencial para famílias em situação de vulnerabilidade social impactadas pela pandemia de Covid-19. O auxílio emergencial municipal no valor de R$ 200,00 mensais será distribuído por três meses a partir de abril, totalizando um valor de R$ 600,00. Cerca de 1.500 famílias poderão ser beneficiadas. (Correio da Cidade- Conselheiro Lafaiete)

“Cestas” começa a funcionar

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano de Formiga em parceria com a sociedade civil irá executar temporariamente uma ação social denominada “Central de Cestas Emergenciais”. O objetivo é atender, de forma imediata, aquela família que não se enquadrou nos critérios de atendimentos dos Cras. Haverá critérios estabelecidos de forma mais flexível para a concessão das cestas emergenciais. A ação social iniciará a partir desta terça-feira, 6, com atendimento de aproximadamente 20 famílias diariamente e terá durabilidade temporária. (Nova Imprensa- Formiga)

MPF cobra mais 27 medicamentos 

            O Ministério Público Federal solicitou diretamente ao ministro Marcelo Queiroga, na última quinta-feira, 1º, o imediato encaminhamento de 27 medicamentos para Montes Claros, a serem usados no tratamento das pessoas que estão com Covid-19 e internadas em UTIs da cidade. O documento é assinado pelos procuradores de Montes Claros, do MPF de Minas Gerais pela subprocuradoria-geral da República. A mesma iniciativa foi adotada em março e culminou na liberação de aproximadamente 4.860 medicamentos para Montes Claros no dia 26 de março, aliviando a situação por quatro dias. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)

Hospitais ganham fôlego

As principais indústrias mineiras se unem, em uma corrente solidária em favor da vida, para emprestar dois mil cilindros para o envaze de oxigênio medicinal que será distribuído para a rede pública de saúde. Os cilindros estão sendo entregues para distribuição de acordo com as orientações da Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Minas Gerais. A iniciativa liderada pela Federação das Indústrias de Minas Gerais  vem ao encontro da crescente demanda por tanques para o armazenamento de oxigênio medicinal, insumo essencial para pacientes em estado grave da Covid-19 e outras doenças que provocam insuficiência respiratória. (Ascom Fiemg)

Estudo para identificar variante  

A Universidade Federal de Viçosa (UFV) deu início nesta semana aos estudos para identificar se há possíveis novas variantes do SARS-CoV-2 circulando em municípios da região. Os vírus tem como característica evoluírem junto com o hospedeiro ao longo do tempo. Mas, ainda não existem indicativos de que uma nova variante, apontada como mais letal e transmissível, esteja contaminando viçosenses. A pesquisa da UFV será coordenada pelas professoras Poliane Alfenas Zerbini e Simone Guimarães e pelo professor Murilo Zerbini. (Folha da Mata – Viçosa)

Auxílio desemprego em Guaxupé

A Prefeitura de Guaxupé deu início à concessão do Auxílio Emergencial Desemprego. Trata-se de um benefício no valor de trezentos reais mensais, que será direcionado às pessoas em situação de vulnerabilidade social na cidade. O Auxílio Emergencial Desemprego da Prefeitura de Guaxupé é um benefício temporário pago por meio de cartão de débito, que tem como objetivo auxiliar as pessoas desempregadas em situação de extrema pobreza e/ou pobreza. (Jornal da Região- Guaxupé)

Primeira etapa de Hospital é iniciada

Autoridades municipais estiveram no inacabado Hospital Regional de Sete Lagoas, acompanhados da representante da empresa responsável pelo serviço considerado como a retomada das sonhadas obras de conclusão da unidade. As obras do Hospital Regional foram iniciadas em 6 de junho de 2011, de acordo com a ordem de serviço inicial, no ato da assinatura do contrato, e contempla a construção em terreno de 46.000 m². (Boca do Povo- Sete Lagoas)

Itabirito representará sudeste

O município de Itabirito representará a Região Sudeste na plataforma UniverCidades, da Confederação Nacional de Municípios (CNM), assegurando uma importante oportunidade de troca de informações e conhecimentos sobre o que há de mais moderno e inovador em administração pública. Inscrito na categoria Espaços inclusivos de inovação cultural e social, o município alcançou recentemente a 14ª colocação no Projeto Inovajuntos com o tradicional pastel de angu, joia gastronômica e patrimônio imaterial itabiritense. O desempenho reafirma o sucesso do novo modelo de gestão pública adotado no município, focado na inovação. (Jornal O Liberal- Itabirito)