A atual companheira do ex-companheiro de Stefânia foi presa nesta manhã

Após o encerramento do inquérito pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), cinco Mandados de Prisão Preventiva foram cumpridos. Stefânia Monteiro dos Santos foi vítima de feminicídio, seu corpo foi encontrado pelos investigadores da PCMG em uma estrada rural de São Sebastião do Rio Verde, no dia 5 de março, e após submetido a exame de necropsia, o resultado apontou politraumatismo como causa da morte, o que confirma que a mulher teria sido espancada antes do óbito.

Nesta manhã de quarta-feira (31/3), a atual companheira, de 37 anos, do principal suspeito foi presa, encaminhada para a Delegacia de Itamonte, por desrespeito ao corpo e ocultação do cadáver, também foi oficializada a prisão do cúmplice de 29 anos, que já estava recluso no Sistema Prisional.

Além destes, os pais, de 60 e 66 anos, do ex-companheiro de Stefânia já estavam presos, junto com o principal suspeito, de 30 anos.

Acompanhe o Indiciamento pela PCMG:

Ex-companheiro de Stefânia

  1. Feminicídio por motivo fútil, de forma cruel, de forma a dificultar a defesa da vítima.
  2. Ocultação de cadáver
  3. Vilipêndio (desrespeito) do cadáver

Pai do Ex-companheiro de Stefânia

  1. Agir de forma a induzir erro na investigação ou julgamento
  2. Ocultação de cadáver
  3. Vilipêndio (desrespeito) do cadáver

Mãe do Ex-companheiro de Stefânia

  1. Ocultação de cadáver
  2. Vilipêndio (desrespeito) do cadáver

Cúmplice do Ex-companheiro de Stefânia

  1. Ocultação de cadáver
  2. Vilipêndio (desrespeito) do cadáver

Companheira atual do Ex-companheiro de Stefânia

  1. Ocultação de cadáver
  2. Vilipêndio (desrespeito) do cadáver

Informações: Polícia Civil de Minas Gerais

Foto: Redes Sociais